Whatsapp
Em 26/04/2018 10h49 , atualizado em 26/04/2018 12h22

Enem: mais de 1200 brasileiros usaram as notas para estudar em Portugal

Notícias

Desde 2014, os brasileiros que desejam fazer um curso superior em Portugal podem usar as notas do Enem. Por Rafael Batista
Crédito da Imagem: universidade de coimbra
PUBLICIDADE

Mais de 1.200 estudantes brasileiros ingressaram em universidades de Portugal usando as notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). As informações são do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), que considerou 23 das 29 instituições portuguesas que aderiram ao Enem. Esse número deve aumentar, pois seis institutos ainda não consolidaram os dados.

Na Universidade do Porto, que aderiu ao Enem em 2016, foram matriculados 316 brasileiros. Na Universidade Algarve, uma das primeiras a firmar o acordo com o MEC, ingressaram 316 estudantes brasileiros.

Veja o balanço divulgado pelo MEC

O movimento de adesão ao exame brasileiro por parte das universidades portuguesas começou em 2014 e, desde então, só tem se intensificado. A Universidade de Coimbra, que está entre as que não consolidaram os dados, foi a primeira a aderir ao Enem.

Acesse aqui a lista de instituições portuguesas que aceitam o Enem

Processo Seletivo

Os candidatos são selecionados conforme o desempenho obtido no Enem. As edições aceitas, as notas mínimas exigidas no Exame e os pesos específicos para cada área de conhecimento e curso são definidos pela própria instituição de ensino portuguesa.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Inicialmente, os candidatos são submetidos às taxas de candidatura, que variam de 20€ a 110€ (euros), porém, em alguns casos, como na Universidade de Algarve, o procedimento pode ser realizado gratuitamente.

Confira também: Brasileiros explicam como usar a nota do Enem para estudar em Portugal

Novas adesões

A última adesão de uma universidade portuguesa foi firmada em março de 2018, com a Universidade Fernando Pessoa, em Ponte Lima. Segundo o Inep, outros nove contratos estão em andamento e cinco deles devem ser celebrados em breve: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro, Universidade Lusíada, Universidade Lusíada – Norte, Instituto Universitário de Ciências Psicológicas, Sociais e da Vida e Instituto Leonardo da Vinci.

Relacionados
Idioma em comum é apenas uma das inúmeras razões para estudar em Portugal. Veja mais cinco razões para fazer um curso no país europeu.
Estudantes explicam como usaram a nota do Enem para estudar em Portugal e como é a rotina nas universidades portuguesas.
Saiba como estudar em Portugal usando as notas do Enem. Ao todo, 51 instituições aderiram ao Enem, incluindo a Universidade de Coimbra e várias universidades em Lisboa e Porto.
O Instituto de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) e a Universidade Europeia, localizada em Portugal, assinaram novo convênio. Agora, a instituição de ensino superior passará a receber estudantes brasileiros via Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).
Os recursos da isenção e justificativa de ausência do Enem 2018 acabam no domingo (29). Estudantes devem enviar a documentação comprobatória pela Página do Participante.
Os institutos Ispa e Estal aderiram ao Enem como forma de ingresso de brasileiros. Com o convênio, sobe para 31 o número de instituições que usam as notas do exame para a seleção dos estudantes do Brasil.
Mais 5 instituições de ensino superior de Portugal vão aceitar as notas do Enem. Com a nova parceria, exame é aceito em 47 instituições.
O Inep anunciou mais uma instituição portuguesa que vai aceitar as notas do Enem. Estudantes podem ingressar em graduações de 42 universidades.