Topo
pesquisar
Em 20/12/2013 15h54

Mais de 1,5 mil participantes foram eliminados do Enem 2013 por fraude

Notícias

Ligação dos eliminados com a quadrilha que fraudava vestibulares em Minas Gerais ainda não foi comprovada. Por Adriano Lesme
PUBLICIDADE

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep) afirmou nesta sexta-feira, 20 de dezembro, que durante as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2013, aplicadas nos dias 26 e 27 de outubro, eliminou 1.522 participantes que tentaram fraudar o exame utilizando pontos de escuta e equipamentos eletrônicos. Outros 36 candidatos foram eliminados por postar imagens dos cadernos de provas em redes sociais.

Ainda não é possível afirmar que entre os 1.522 candidatos eliminados por fraude estão os supostos beneficiados pelo esquema de fraude desarticulado pela Operação Hemostase, da Polícia Civil de Minas Gerais. Essa quadrilha, iniciada na cidade mineira de Caratinga, fraudava vestibulares do curso de Medicina em faculdades particulares.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Durante os nove meses de investigação, foram identificados diálogos dos fraudadores a respeito de uma suposta fraude no Enem, que seria feita por meio de ponto eletrônico. No entanto, a Polícia Civil não repassou para o Inep nenhum nome de suposto candidato beneficiado pelo esquema.

Em nota, o Inep informou que está acompanhando os desdobramentos da operação e que até o momento, de acordo com a polícia, não existe qualquer elemento que indique que algum candidato tenha sido beneficiado. Mais de 5 milhões de pessoas fizeram o Enem 2013 e o resultado está previsto para a primeira semana de janeiro de 2014.

Por Adriano Lesme
*com informações do Inep

BANCO DE REDAÇÕES

Elabore sua redação com o tema atual e as publique aqui no banco de redações

Tema

PESQUISA DE FACULDADES
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Enem Brasil Escola