Em 06/11/2017 07h50 , atualizado em 06/11/2017 08h52

Enem 2017: primeiro dia de provas registra maior abstenção desde 2009

Notícias

Dos 6.731.344 inscritos, 30,2% não compareceram às provas, o equivalente a 2.033.590 candidatos. Por Wanja Borges
PUBLICIDADE

Dos 6.731.344 inscritos confirmados, 2.033.590 não compareceram às provas do primeiro dia de aplicação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), resultando em uma abstenção inicial de 30,2%. É o que informou o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Anísio Teixeira (Inep), em coletiva de imprensa realizada na noite de ontem, 5 de novembro.

Confira a correção comentada do 1º dia do Enem 2017

Acesse o comentário da redação do Enem 2017

Esta é a maior abstenção do primeiro dia de aplicação desde 2009, quando 37,7% dos inscritos não participaram das provas. Em 2016, o índice de faltosos foi de 29,19% contra 27,6% em 2015 e 28,9% em 2014.

No Enem 2017, o maior índice de ausentes foi registrado no Amapá, o equivalente a 39,30%. Isso significa que, dos 165.078 inscritos confirmados, 64.876 não se apresentaram para realização do Exame. Já o menor foi em Piauí: dos 149.154 inscritos, 37.736 faltaram, resultando em um índice de abstenção de 25,30%.

Vale ressaltar que os participantes isentos do pagamento da taxa de inscrição do Enem 2017, exceto os concluintes do ensino médio na rede pública automaticamente beneficiados, que não compareceram às provas e não justificarem essa ausência do sistema de inscrição do Enem 2018, por meio de documento legal, perderão o direito a nova isenção. 

Eliminações

Nesta edição, 273 candidatos foram eliminados, sendo 264 pelo descumprimento de regras gerais do Edital, como portar equipamento eletrônico, ausentar-se antes do horário permitido, utilizar impressos, não atender orientações dos fiscais, entre outros, e 9 por porte de objetos proibidos identificados pelos detectores de metal.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

O número de candidatos eliminados é baixo, se comparado à última edição que, ao final do primeiro dia, já registrava 3.942 eliminações, e outras 4.780 no segundo dia. Para o Ministério da Educação (MEC), “a aplicação, tranquila e sem ocorrências graves, justifica a ampliação e a diversificação da estratégia de segurança adotada a partir desde ano”. Neste ano, não houve nenhuma recusa de coleta do dado biométrico.

Provas

Neste primeiro domingo, os estudantes tiveram 5h30 para realizar as provas de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias e Ciências Humanas e suas Tecnologias, compostas por 45 questões de múltipla escolha cada, e produzir a Redação, cujo tema foi “Desafios para a formação educacional de surdos no Brasil”.

Pela primeira vez, a aplicação do Exame contou com videoprova traduzida em língua brasileira de sinais (libras), recurso escolhido por 1.635 participantes, que tiveram duas horas de acréscimo para realização das provas. Além disso, 4.390 solicitaram atendimento especializado pela surdez e 4.390 para deficiência auditiva e tiveram uma hora de acréscimo.

No dia 12, serão concedidas 4h30 para a resolução de 90 questões objetivas de Matemática e e Ciências da Natureza e suas Tecnologias. A divulgação do gabarito oficial está prevista para 16 de novembro. Já o resultado deve sair em 19 de janeiro de 2018. 

Mais informações podem ser obtidas no Edital do Enem 2017 ou neste site.

BANCO DE REDAÇÕES

Elabore sua redação com o tema atual e as publique aqui no banco de redações

Tema

PESQUISA DE FACULDADES