Patrocínio:

Whatsapp
Em 03/11/2016 12h22 , atualizado em 03/11/2016 12h24

Confira os itens necessários, permitidos e proibidos no Enem 2016

Notícias

Solucione todas as suas dúvidas sobre o que levar ou não no dia das provas, que acontecerá neste fim de semana. Por Wanja Borges
Participante que usar celular durante a prova será eliminado
Participante que usar celular durante a prova será eliminado
Crédito da Imagem: Shutterstock
PUBLICIDADE

A edição 2016 do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) acontecerá neste fim de semana, dias 5 e 6 de novembro, para mais de 8 milhões de estudantes. Apesar de o Edital ser claro sobre os itens necessários, permitidos e proibidos nos dias das provas, muitos candidatos ainda possuem dúvidas sobre o que levar e desconhecem que alguns objetos podem resultar, inclusive, em sua eliminação.

Com base nisso, o Brasil Escola decidiu pontuar esses documentos e objetos para sanar qualquer questionamento sobre esse tema. Confira:

Itens necessários

Os candidatos deverão se apresentar aos locais de prova portando documento de identificação original e válido com foto e caneta esferográfica de tinta preta, fabricada em material transparente. Segundo o Inep, o uso de outra cor poderá comprometer a leitura ótica do Cartão-Resposta e, por isso, não é recomendada. Também é recomendável levar o Cartão de Confirmação de Inscrição, embora não seja obrigatório.


Único modelo de caneta aceito no Enem

São considerados documentos válidos para identificação do participante:

  • Cédulas de identidade (RG) expedidas pelas Secretarias de Segurança Pública, pelas Forças Armadas, pela Polícia Militar, pela Polícia Federal; 
  • Identidade expedida pelo Ministério da Justiça para estrangeiros, inclusive aqueles reconhecidos como refugiados, em consonância com a Lei nº 9.474, de 22 de julho de 1997; 
  • Identificação fornecida por ordens ou conselhos de classes que por lei tenham validade como documento de identidade; 
  • Carteira de Trabalho e Previdência Social, emitida após 27 de janeiro de 1997; 
  • Certificado de Dispensa de Incorporação; 
  • Certificado de Reservista;
  • Passaporte; 
  • Carteira Nacional de Habilitação com fotografia, na forma da Lei nº 9.503, de 23 de setembro de 1997; 
  • Identidade funcional em consonância com o Decreto nº 5.703, de 15 de fevereiro de 2006.

Itens proibidos

Após o ingresso em sala de provas, é proibida a utilização de equipamentos eletrônicos, como máquinas calculadoras, agendas eletrônicas, telefones celulares, smartphones, tablets, ipods, pen drives, mp3, gravadores, relógios, alarmes de qualquer espécie, fones de ouvidos ou quaisquer transmissores, gravadores ou receptores de dados, imagens, vídeos e mensagens.


Celular deverá permanecer desligado durante toda a prova

Objetos como lápis, caneta de material não transparente, lapiseira, borrachas, livros, manuais, impressos, anotações, óculos escuros e artigos de chapelaria (boné, chapéu, viseira, gorro e similares) também não são permitidos, bem como o porte de armas, mesmo para os que possuem autorização.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Além disso, protocolos, Certidão de Nascimento ou de Casamento, Título Eleitoral, Carteira Nacional de Habilitação em modelo anterior à Lei nº 9.503/97, Carteira de Estudante, Registro Administrativo de Nascimento Indígena (Rani), crachás e identidade funcional de natureza privada, documentos ilegíveis, não identificáveis e/ou danificados, ou ainda, cópias de documentos válidos, mesmo que autenticadas não serão aceitos como documentos de identidade.

Itens permitidos (com ressalvas)

Apesar das proibições citadas acima, os candidatos podem ingressar nos prédios onde serão aplicadas as provas com os objetos citados, inclusive telefone celular e quaisquer outros equipamentos eletrônicos, contudo, eles devem ser desligados e guardados na embalagem porta-objetos fornecida pelo aplicador. 

Vale ressaltar que a embalagem deve ser lacrada, identificada pelo participante antes de ingressar na sala de provas e mantida embaixo da carteira durante a realização das provas. Os candidatos também podem levar biscoitos/bolachas, barras de cereais, balas, chocolates, frutas, além de água e outros líquidos não alcoólicos, desde que estejam em garrafas transparentes e sem rótulos.

Participantes podem levar frutas para as provas
Participantes podem levar frutas para as provas

Provas

Os portões de acesso aos locais de prova serão abertos às 12h e fechados às 13h, conforme o horário oficial de Brasília, mas o início das provas está previsto somente para as 13h30. É recomendável que os participantes se apresentem com, pelo menos, uma hora de antecedência, portando os itens necessários informados acima.

Confira aqui o horário do Enem no seu estado

No primeiro dia, os candidatos terão 4h30 para responder 90 questões objetivas sobre as áreas de Ciências Humanas e suas Tecnologias e Ciências da Natureza e suas Tecnologias. No segundo, serão concedidas 5h30 para as 90 perguntas sobre Linguagens, Códigos e suas Tecnologias, Matemática e suas Tecnologias mais Redação. A data de divulgação dos resultados individuais ainda não foi informada.

Correção

Pelo 9º ano consecutivo, o Brasil Escola, em parceria com o Colégio Oficina do Estudante, de Campinas/SP, disponibilizará a correção comentada do Enem gratuitamente e em tempo real. A resolução terá início às 18h30 de sábado e às 19h30 de domingo e poderá ser acompanhada pelo siteTwitterFacebook e Google+ do Brasil Escola, inclusive com possibilidades de interação.

Relacionados
Pelo 9º ano consecutivo, o Brasil Escola disponibilizará a correção comentada do Enem 2016, que acontecerá nos dias 5 e 6 de novembro.
Os locais de prova do Enem 2016 já estão disponíveis. A informação está no Cartão de Confirmação de Inscrição.
Desde 2013, o respeito aos direitos humanos é uma obrigatoriedade na prova de redação do Enem que, se desrespeitada, pode resultar em nota zero.
O INEP divulga lista de escolas ocupadas que terão o Enem 2016 adiado. Novas provas serão aplicadas em 3 e 4 de dezembro.
Após a confirmação de adiamento das provas em 304 escolas ocupadas em 126 municípios, o MPF-CE pediu a suspensão do Enem 2016 em todo o Brasil.
Mais de 20 vestibulares serão realizados na mesma data do Enem 2016 das escolas ocupadas. Provas serão em 3 e 4 de dezembro.
Cerca de 1,8 milhão de participantes ainda não acessaram o cartão de confirmação de inscrição do Enem 2016.
O MEC suspendeu as provas do Enem em escolas ocupadas. Estudantes que tiveram seus locais ocupados farão o exame em 3 e 4 de dezembro.
  • Facebook Brasil Escola
  • Instagram Brasil Escola
  • Twitter Brasil Escola
  • Youtube Brasil Escola
  • RSS Brasil Escola
BANCO DE REDAÇÕES

Elabore sua redação com o tema atual e as publique aqui no banco de redações

Tema

PESQUISA DE FACULDADES