Topo
pesquisar
Em 24/01/2012 17h00, atualizado em 18/04/2012 17h40

Conheça os passos para ingressar em uma Universidade Americana

Estudar no Exterior

Estrangeiros precisam passar em uma espécie de Enem e provar proficiência no inglês. Por Hotcourses Brasil
PUBLICIDADE

Diferente dos brasileiros, o desempenho dos estudantes americanos durante o colegial é fundamental para ingressar em um bom curso de educação superior. Enquanto os brasileiros precisam se dedicar aos estudos para alcançar bons resultados nos tão sofridos vestibulares, os americanos irão ter boas chances de serem aprovados nas instituições se provarem ter boas notas no currículo escolar. O esforço durante todos os anos letivos do ensino médio é compensado pelas chances de ingressar em uma boa universidade ou faculdade – o que pode servir como um grande motivador e incentivador de dedicação ao estudo. E é por este motivo que os currículos escolares dos alunos norte-americanos são muito competitivos.

Ainda é necessário passar por provas (como o SAT ou o ACT), mas o mais importante é ter boas notas, fornecer os papéis necessários e demonstrar entusiasmo em cursar a graduação de interesse. Prova disso é a necessidade da realização de uma redação que comprove a sua intenção de ingressar na instituição, além de relatar atividades curriculares e extracurriculares que comprovem o seu interesse pela graduação escolhida. Nos EUA, também são bastante valorizadas as cartas de recomendação (altamente levadas em consideração ao aplicar-se a uma vaga de emprego, por exemplo). É por este motivo que as instituições norte-americanas exigem que os candidatos às vagas apresentem, junto ao histórico escolar, pelo menos duas cartas de recomendação de professores do ensino médio – que deverão depor sobre o desempenho do candidato e afirmar suas qualidades como estudante.

Estudante estrangeiro

Os brasileiros são muito bem vindos e estão entre os top estudantes estrangeiros que os EUA recebem todos os anos. Uma ótima fonte para você pesquisar cursos nos Estados Unidos é o site da Hotcourses Brasil. Além das informações dos cursos você ainda acessa avaliações de estudantes que já estudaram nas instituições, um ótimo termômetro na hora de escolher onde estudar. É muito importante que ao fazer os seus planos de ir estudar nos EUA e após selecionar quais instituições irá aplicar-se, você pesquise as exigências particulares de cada uma delas. Não se sinta embaraçado em contatar as universidades diretamente, eles terão prazer em enviar todas as informações que precisar, além de em muitos casos prestarem assistência sobre como preparar o seu processo de aplicação para o visto.

Para os estudantes internacionais, os passos para serem aceitos em uma universidade ou faculdade dos EUA são relativamente parecidos com os seguidos pelos americanos, mas, claramente, exigem-se muito mais documentos e esforços. Para começar, o estudante precisa provar proficiência no inglês. Existem alguns testes para alunos que têm o inglês como segunda língua, e cada instituição escolhe qual aplicar. Os mais comuns são o TOEFL e o IELTS. É preciso atingir a nota mínima exigida para estar apto a continuar na seleção para a vaga de graduação.

Além do inglês, os estudantes estrangeiros também precisam passar por um dos exames educacionais padronizados nos Estados Unidos. O mais comum deles é o Teste de Aptidão Escolar (o já mencionado SAT - Scholastic Assessment Test), que tem propósitos semelhantes ao nosso ENEM. São provas em 20 matérias diferentes de cinco áreas padrões: história, matemática, ciência, inglês e línguas estrangeiras. Este exame é necessário para qualquer curso superior, no entanto não é preciso prestar todas as 20 matérias: cada graduação indicará os testes necessários (o que reforça, mais uma vez, o quanto é importante manter contato direto com a instituição de interesse).

Alcançando as notas mínimas exigidas no exame de proficiência em inglês e no Teste de Aptidão Escolar, será necessário encontrar um tradutor certificado para fazer a versão oficial dos seus documentos do português para o inglês, principalmente do seu currículo escolar e das cartas de recomendação. E então é a hora de submeter seus resultados e documentos à instituição.

Em caso de aprovação, a universidade irá providenciar documentos oficiais que comprovem que o estudante foi aceito, para que sejam apresentados na entrevista no Consulado Americano para o visto de estudante, que é o próximo e último passo que o separa de estudar na “Terra do Tio Sam”!

Com o visto em mãos, é só fazer as malas e tirar o máximo proveito desta experiência que certamente será inesquecível na sua vida.

Por Brenda Bellani

BANCO DE REDAÇÕES

Elabore sua redação com o tema atual e as publique aqui no banco de redações

Tema

PESQUISA DE FACULDADES
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Educador Brasil Escola