Topo
pesquisar
Em 31/03/2010 15h44, atualizado em 31/03/2010 15h44

É hoje! O que eu faço?

Dicas

Por Adriano Lesme
PUBLICIDADE
Escolheu o curso, decidiu em quais universidades irá concorrer às vagas, organizou seu tempo e estudou muito. Agora é o momento de fazer a inscrição, realizar a prova, esperar os resultados, entre outros procedimentos. Confira algumas dicas que podem conferir alguns pontos positivos durante os processos seletivos e ainda, atuar como uma forma de se manter em equilíbrio no dia da prova.

1. Edital: Este é um dos primeiros passos. Leia-o atentamente, levando-se em consideração todas as instruções, a fim de se interagir completamente de todo o processo.

2. Inscrição: O melhor a fazer é decidir antecipadamente qual o curso de preferência, visando contornar possíveis obstáculos no momento de preenher a ficha. Antes de enviar a inscrição, confira todos os dados cadastrais, a fim de evitar falhas.

3. Cartão de Confimação: A maioria das faculdades disponibiliza pela Internet ou envia por correspondência, a confirmação de inscrição. Esse comprovante é muito importante. Faça tudo para tê-lo em mãos o quanto antes, pois no mesmo contém todas as informações, como o dia, local e horário das provas.

4. Dia anterior: Não adianta mais estudar! Descanse o corpo e a mente. Durma bem, faça uma boa alimentação e procure um pouco de distração. Quem sabe... um bom filme?

5. Dia da prova: Se a prova for no período matutino, organize o material do qual precisará no dia anterior. Se a prova for no período vespertino, você ainda terá a manhã para se organizar. Lembre-se de que imprevistos sempre acontecem, por isso, não deixe nada para a última hora.

6. Horário de Chegada: Varia muito. Geralmente, as instituições orientam os candidatos a chegarem no mínimo, com uma hora de antecedência. Evitando assim, supostos transtornos que porventura trarão consequencias negativas.

7. Roupas:
Use algo confortável, evitando o uso de roupas que geralmente, proporcionam aquela sensação de incômodo. Bermudas e camisetas leves são bem-vindas. E para as meninas: Nada de salto alto, maquiagem e outros objetos afins! Você fará uma prova! Não é como se estivesse preparando para desfilar na São Paulo Fashion Week!

8. Material:
Em geral, as faculdades exigem o uso de canetas de material trasparente e com tinta preta ou azul para os registros no cartão-reposta. Compre-as com antecedência e leve sempre uma reserva, assim, se sentirá mais seguro(a).

9. Lanche:
Uma boa sugestão é levar algum tipo de alimento. Barras de cereal e chocolates são boas opções. Principalmente, quando o cerébro já está começando a ficar cansado e exige uma recarga instantânea de energia.

10. Água: Leve ou adquira uma garrafa de água. Procure consumi-la moderadamente, para que não necessite ir ao banheiro repetidas vezes. Porém, manter-se hidratado é importante.

11. Durante o exame: Tente manter a calma. Uma boa dica é começar a responder a prova objetiva pelas disciplinas com as quais você tem mais afinidade, assim, poderá garantir os pontos necesários às mesmas. Depois vá distribuindo as questões conforme você achar conveniente.
Outra dica importante é: Não fique se torturando, tentando responder algo que leve muito tempo e/ou você não saiba. Passe à frente, assim você ganha tempo com as outras. E, no final volte àquelas que havia deixado e tente respondê-las. Lembre-se de que, em geral, as questões objetivas possuem o mesmo valor. Reserve pelo menos 30 minutos para preencher o cartão-resposta. Você vai precisar de muita atenção nesse momento. Antes de preenchê-lo, repasse algumas questões que lhe causaram dúvida. Confie em si mesmo e no que aprendeu!

12. Após o vestibular: Provavelmente, quando você chegar em casa, o gabarito da prova já estará disponibilizado na Internet. O ideal é esperar que o gabarito oficial seja divulgado. Mas, se você é muito curioso, verifique as questões. E não se martirize pelos erros.

13. Resultado:
Se seu nome constar na lista dos aprovados, parabéns! No próximo semestra você fará parte da turma dos calouros de alguma faculdade. No caso de um resultado negativo, as universidades brasileiras ainda não comportam a demanda de estudantes. Isso não quer dizer que você não possa ou deva tentar mais uma vez!

14. 2ª fase:
Se houver a 2ª etapa na universidade a qual estará pleiteando, siga as mesmas dicas. Mas, comece a prova pela redação. Tão logo se inicie a prova, faça um rascunho da mesma, reservando alguns minutos no final, para avaliá-la e passá-la a limpo. Isso garante uam visão crítica mais aguçada, o que ajuda a verificar erros que, em sua maioria, passam despercebidos numa primeira instância.

Por Juliana Marton
PUBLICIDADE
BANCO DE REDAÇÕES

Elabore sua redação com o tema atual e as publique aqui no banco de redações

Tema

PESQUISA DE FACULDADES
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Educador Brasil Escola