Topo
pesquisar
Em 01/11/2017 10h16, atualizado em 01/11/2017 15h48

Atualidades Vestibular e Enem – Outubro de 2017

Atualidades

Atentados e incêndios no Brasil e no mundo foram alguns dos destaques do mês de outubro. Por Érica Caetano
O mês de outubro foi marcado por atentados terroristas e de um jovem com apenas 14 anos contra seus colegas de classe
O mês de outubro foi marcado por atentados terroristas e de um jovem com apenas 14 anos contra seus colegas de classe
PUBLICIDADE

As provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) começam neste final de semana e as dos principais vestibulares começam logo em seguida. Como já sabemos, os principais fatos relacionados a atualidades do Brasil e do mundo estão sempre sendo abordados nas questões de vestibulares e Enem.

A correria na preparação para as provas está grande e não está dando para acompanhar os noticiários e demais veículos para ficar por dentro do que está acontecendo na atualidade? Não se preocupe, o Brasil Escola separou os principais fatos ocorridos e repercutidos durante o mês de outubro de 2017.

Para se inteirar mais sobre cada tema, basta clicar nos hiperlinks e acessar as reportagens dos portais Agência Brasil e UOL, além de artigos do Brasil Escola.

Brasil

Atentado em colégio de Goiânia 

Um estudante de 14 anos, filho de policial militar, fez disparos contra colegas no Colégio Goyases, em Goiânia-GO. Os tiros fizeram seis vítimas, duas delas fatais e uma está paraplégica. O jovem suspeito de ter cometido os disparos era do 8º ano e vinha sofrendo bullying de colegas, o que o teria motivado a usar uma arma que seria da mãe para cometer o atentado. O bullying é uma situação que se caracteriza por agressões intencionais, verbais ou físicas, feitas de maneira repetitiva, por um ou mais estudantes contra um ou mais colegas. Discutir o assunto pode ser tema de redação de vestibular e Enem.

Tragédia em creche em MG

Uma outra tragédia envolvendo crianças aconteceu em Minas Gerais. O vigia Damião Soares dos Santos, de 50 anos, entrou em uma creche na cidade de Janaúba, onde trabalhava como segurança noturno, e ateou fogo em crianças e nele mesmo. Uma professora tentou impedi-lo fisicamente e também ajudou no resgate de crianças. Ela morreu com 90% do corpo queimado. Além dela, o autor do ataque e nove crianças também morreram. Trinta e nove pessoas ficaram feridas, no total, algumas já receberam alta e outras seguem internadas em Janaúba, Montes Claros e Belo Horizonte.

Incêndio Chapada dos Veadeiros

O Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, em Goiás, sofreu seu maior incêndio da história, sendo obrigado a ficar fechado para visitação. O fogo consumiu 26% da área total do parque. Cerca de 70 pessoas, entre homens do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e voluntários, trabalharam no combate às chamas. Também foram utilizados dois aviões com tanques que lançam água sobre o local do incêndio.

O fogo consumiu 26% da área total do parque

Diante de informações de que o incêndio seria criminoso, o Ministério Público Federal (MPF) em Luziânia (GO) quer informações sobre a instauração de procedimento administrativo para apurar as causas ensejadoras do incêndio, se ele foi acidental ou proposital, sendo que, nessa última hipótese, que aponte a existência de possíveis elementos de informação que possam conduzir à sua autoria.

Corrupção nas Olimpíadas

A Polícia Federal cumpriu no Rio de Janeiro um mandado de prisão contra o presidente do Comitê Olímpico do Brasil (COB) e do Rio-2016, Carlos Arthur Nuzman, na segunda fase da Operação Unfar Play. O dirigente foi detido e levado para a sede da PF da cidade em um desdobramento de investigações sobre a suspeita de compra de votos na eleição que escolheu o Rio de Janeiro como sede dos Jogos de 2016.

Votação Câmara 2ª denúncia Temer

A votação da segunda denúncia contra o presidente da república Michel Temer o absolveu. Ele foi denunciado pelo então procurador-geral da República, Rodrigo Janot, por formação de quadrilha e obstrução de justiça. Também foram absolvidos da investigação do Supremo Tribunal Federal (STF) os ministros da Casa Civil, Eliseu Padilha, e da Secretaria-geral da Presidência, Moreira Franco. Para que a denúncia fosse encaminhada, o relatório do deputado Bonifácio de Andrada (PSDB-MG) deveria ser rejeitado por ao menos 342 deputados federais, a maioria qualificada do plenário, que corresponde a três quintos dos 513 parlamentares da Casa.

Mundo

Atentado na Somália

Uma explosão com caminhão-bomba em uma rua bastante movimentada de Mogadício, capital da Somália, deixou 315 mortos. Equipes de emergência e mais de 500 soldados do Exército da Somália trabalharam arduamente no resgate de sobreviventes entre os escombros dos edifícios destruídos nos atentados. As famílias se amontoam nas áreas próximas às explosões e nos hospitais com a esperança de encontrar parentes entre os mais de 400 feridos ou pelo menos conseguir identificar algum dos corpos, uma tarefa árdua, já que muitos morreram queimados.

Somália registrou mais de 300 mortos e outros mais de 400 feridos 

A Somália vive em um estado de guerra e caos desde 1991, quando foi derrubado o ditador Muhammad Siad Barre, o que deixou o país sem um governo efetivo e nas mãos de milícias radicais islâmicas, senhores da guerra que respondem aos interesses de um clã determinado e grupos de criminosos armados.

Separação da Catalunha

A região da Catalunha votou em 1º de outubro um referendo independentista considerado ilegal pelo governo da Espanha, em meio a forte esquema policial, com irregularidades no modo de votação e alguns incidentes entre agentes e cidadãos. Mais de 760 pessoas ficaram feridas nos confrontos.

No referendo, os catalães deveriam responder sim ou não se a Catalunha deve ser um Estado independente em forma de República, ou seja, separar-se do governo central espanhol. O Governo da Catalunha informou que 90% dos eleitores votaram "sim" pela independência da região e 7,8% votaram "não". Os dados foram apresentados pelo porta-voz da Generalitat (governo catalão), Jordi Turull. No total, 2.262.424 pessoas votaram no referendo.

A consulta foi considerada ilegal pela Justiça espanhola. No entanto, o governo da Catalunha declarou independência. A Justiça espanhola suspendeu a declaração e o governo central assumiu o controle da região

Governo Trump

O titular da Agência de Proteção Ambiental dos Estados Unidos, Scott Pruitt, anunciou que a entidade vai derrubar o Plano de Energia Limpa, implementado pelo ex-presidente Barack Obama para controlar as emissões de gases de efeito estufa, acatando as ordens executivas do presidente Donald Trump, que solicitou a revisão do plano, questionando a legalidade da regra original.

O plano promovido por Obama requer que os estados cumpram com os padrões específicos de redução de emissões de dióxido de carbono com base no seu consumo individual de energia e também inclui um programa de incentivos para que os estados consigam um avanço no cumprimento das normas sobre a utilização de energias renováveis e a eficiência energética. O Plano de Energia Limpa poderia prevenir de 2.700 a 6.600 mortes prematuras e de 140.000 a 150.000 ataques de asma em crianças.

Incêndios na Califórnia

Milhares de pessoas tiveram que fugir de suas casas no norte do estado da Califórnia, nos Estados Unidos, onde devastadores incêndios deixaram 41 mortos e 100 mil pessoas desalojadas, segundo os últimos dados do Departamento Florestal e de Proteção contra Incêndios do estado. A maior parte das vítimas dos incêndios era de idade avançada, muitos com dificuldade de mobilidade e em um estado de vulnerabilidade para reagir diante de uma emergência. Mais de 86 mil hectares foram arrasados pelos incêndios que atingem há mais de uma semana a região.

Ataque em Las Vegas 

Atentado em Las Vegas deixou 59 mortos e mais de 500 feridos

Um atirador deixou 59 mortos e mais de 500 feridos na noite do dia 1º de outubro, em Las Vegas-EUA, quando fez disparos de arma de fogo do quarto que alugou no 32º andar do hotel Mandalay Bay na direção de milhares de pessoas que assistiam a um show de música country, do astro Jason Aldean, no Harvest Festival Rota 91. O atirador, Stephen Paddock, cometeu suicídio na sequência. O fato levantou discussões sobre a restrição da compra de armas nos Estados Unidos e sobre o estatuto do desarmamento no Brasil.

Campanha de vacinação do mundo contra o cólera

A Organização Mundial da Saúde (OMS) e parceiros realizaram no início do mês de outubro, em Bangladesh, a segunda maior campanha do mundo de vacinação oral contra o cólera. A ação foi realizada no campo de refugiados Rohingya na localidade de Cox's Bazar. Centenas de agentes de saúde e voluntários foram mobilizados para entregar 900 mil doses da vacina OCV a mais de 650 mil homens, mulheres e crianças que estão vivendo em acampamentos superlotados na região, com dificuldades de acesso à água limpa, saneamento e higiene.

Meninas vítimas de violência

O Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) lembrou este mês, por ocasião do Dia Internacional da Menina, que a cada dez minutos morre no mundo uma menina vítima de violência. Por conta disso, o Unicef destacou os desafios que devem enfrentar milhões de meninas antes, durante e após as crises humanitárias. Em países como o Sudão do Sul ou a Somália existem milhões de meninas que continuam com seus direitos básicos negados. A diretora do Unicef para o Leste e Sul da África, Leila Pakkala, lembra que, em situações de conflito, as meninas têm 2,5 vezes mais possibilidades de serem retiradas do colégio. O fato levanta discussões sobre machismo e feminicídio.

PUBLICIDADE
BANCO DE REDAÇÕES

Elabore sua redação com o tema atual e as publique aqui no banco de redações

Tema

PESQUISA DE FACULDADES
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Educador Brasil Escola