Em 23/03/2020 09h23 , atualizado em 23/03/2020 10h33

Sem aulas, estudantes adaptam rotina de estudo durante pandemia do coronavírus

Notícias

Com as aulas escolares paralisadas, jovens aproveitam videoaulas e plataformas de ensino disponibilizadas por escolas. Por Giullya Franco
Videoaulas são opção para os estudantes que estão em casa (Crédito: arquivo pessoal Thoshio Neto)
Videoaulas são opção para os estudantes que estão em casa (Crédito: arquivo pessoal Thoshio Neto)
PUBLICIDADE

Para tentar conter a disseminação do novo coronavírus (Covid-19), diversas medidas foram adotadas no Brasil e no mundo. Entre elas, no início de março, as escolas foram obrigadas a cessar suas aulas presenciais e milhões de estudantes foram orientados a permanecer em casa.

Entenda o coronavírus

Se os últimos anos escolares já são considerados desgastantes para os estudantes que vão prestar vestibular, na atual situação, muitos alunos precisam se reorganizar para manter a frequência de estudos e não perder o ritmo de preparação para as provas.

Júlia Victória, 17 anos, é estudante do 3º ano do Ensino Médio no Colégio Mopi, no Rio de Janeiro/RJ. As aulas da jovem foram suspensas por 15 dias, o que, primeiramente, a tranquilizou, pois não precisaria correr risco de contágio ao pegar o transporte público.

Aulas de Júlia foram suspensas por 15 dias e agora ela estuda por plataformas on-line
(Crédito: Arquivo Pessoal)

A preocupação maior de Júlia foi com a preparação para as provas de vestibular e Enem, já que está no último ano do ensino médio. Porém, a estudante está contando com o apoio do colégio, que combinou com os professores para que possam oferecer conteúdo on-line aos estudantes.

“A escola deixou os professores livres para gravar videoaulas, passar exercícios tirando dúvidas nos seus horários de aula pelo classroom ou entrar na aula ao vivo, pelo Google Hangouts”, conta a estudante.

No classroom, opção preferida de Júlia, os professores publicam a lista de exercícios, slide ou videoaula para os estudantes tirarem dúvidas em tempo real, como se fosse uma rede social.

Plataforma oferecidas pela escola de Júlia

Em sua nova rotina, Julia, que deseja cursar Psicologia, escolheu estudar nos horários das aulas e dar mais atenção às disciplinas que têm mais peso para o curso, além de se dedicar àquelas que sente mais dificuldade.

E falando em dificuldade, a estudante comentou o que muda no processo de estudos quando está em casa. “Aqui tem mais distrações e preguiça, mas como a escola começou com as aulas on-line, acredito que dê uma motivação maior para participar”, comentou.

Em Goiânia/GO, Thoshio Neto, 15 anos, estudante do 2º ano do Ensino Médio do Colégio Visão, também está contando com o apoio da escola para continuar estudando mesmo em período de quarentena.

“O colégio disponibilizou uma plataforma constituída de livros, videoaulas e exercícios comentados de todas as matérias, de acordo com o que foi sugerido pelos professores”, conta.

Na rotina, Thoshio está mantendo o mesmo horário de estudos de uma semana comum, com seis horas diárias para acompanhar as videoaulas durante a manhã e, à tarde, costuma realizar as questões indicadas pelos professores.

De acordo com o Coordenador Pedagógico do Colégio Visão, Mayanderson Rodrigues, o trabalho está suspenso nas escolas, mas os professores continuam produzindo de casa os conteúdos para não deixarem os alunos prejudicados durante o período.

"Os professores não estão parados, seguem firmes com as suas leituras, pesquisas e produção de conteúdo didático para os alunos. A novidade nisso tudo é que eles estão gravando em suas residências vídeos com orientação de estudos, indicando ao aluno onde encontrar o conteúdo a ser estudado dentro da plataforma AZ", afirmou o coordenador.

Thoshio também destacou os desafios e vantagens que enfrenta para conseguir manter sua rotina de estudos em casa. “As vantagens são diversas, como poder montar a própria rotina de estudos a fim de estudar em um momento de maior rendimento e estudar a matéria na qual o aluno tem maior dificuldade. Em contrapartida, estudar sozinho tem suas desvantagens, com destaque para as distrações frequentes que podem ocorrer, bem como a dificuldade de sanar dúvidas, mas essa última foi suprida pela plataforma do colégio”, contou.

Veja também: Como montar um cronograma de estudos

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Videoaulas como aliadas do período de quarentena

As videoaulas têm sido as maiores aliadas dos estudantes em período de quarentena. A plataforma auxilia os professores para repassarem um conteúdo mais explicativo aos estudantes, assim como também serve de apoio para os alunos em seu período de estudos de casa.

Tanto para Júlia como para Thoshio, as videoaulas estão sendo as principais fontes de conteúdo e contato com professores, ajudando também os estudantes a manterem uma rotina mais próxima possível do que seria se estivessem frequentando as aulas presenciais.

“Como o Colégio Visão proporcionou videoaulas, é possível pausar o vídeo e voltar caso o aluno não tenha entendido o que foi falado. Assistir videoaulas já era um hábito meu antes da paralisação, mas agora se tornou mais que um complemento, sinto que estou na sala de aula absorvendo o conteúdo normalmente”, destacou o estudante do Ensino Médio.

Mais: Acompanhe as videoaulas gratuitas do Brasil Escola

Julia também reforçou a importância das videoaulas neste momento: “Acho que elas ajudam muito em relação a aprendizagem dos conteúdos e também são práticas. Você pode ver e rever quando quiser”, enfatizou a vestibulanda.

Thoshio estuda por meio de videoaulas oferecidas pela escola
(Crédito: Arquivo Pessoal)

Adiamento de programas e vestibulares

Além de diversas universidades que estão adiando chamadas e alterando cronogramas de vestibulares, no dia 19 de março o Ministério da Educação (MEC) anunciou que as etapas da lista de espera do Programa Universidade Para Todos (ProUni) e do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) 2020 terão prazos prorrogados para a entrega das documentações

A medida foi tomada para que os estudantes não sejam prejudicados, já que não podem ir até as instituições de ensino e agências bancárias para finalizar as etapas dos programas. Quando a situação do coronavírus for controlado, o MEC divulgará os novos prazos.

Estude no Brasil Escola

O Brasil Escola oferece videoaulas gratuitas sobre diversos conteúdos em todas as disciplinas. Os estudantes podem acompanhar as videoaulas, anotar os pontos mais importantes e ainda aprofundar o conhecimento nos conteúdos disponibilizados diariamente.

Para não perder o ritmo das provas, também está disponível em nosso portal exercícios, simulados, provas das principais universidades do país e Enem.

BANCO DE REDAÇÕES

Elabore sua redação com o tema atual e as publique aqui no banco de redações

Tema

PESQUISA DE FACULDADES