Topo
pesquisar
Em 20/03/2019 11h37, atualizado em 20/03/2019 11h38

Como conseguir uma boa nota no IELTS

Estudar no Exterior

Teste padronizado de inglês avalia quatro principais habilidades de comunicação. Por Hotcourses Brasil
PUBLICIDADE

O IELTS é um dos testes padronizados de inglês mais famosos do mundo. Mais de 9.000 universidades internacionais, especialmente no Reino Unido, reconhecem um resultado satisfatório no exame como prova da sua proficiência na língua inglesa. Nós já explicamos as diferenças entre o IELTS e o TOEFL e também como treinar para a prova. A pergunta que não quer calar é: como tirar uma boa nota no IELTS?

Quais habilidades o IELTS exige?

O IELTS, como quase todo teste padrão, testará as quatro principais habilidades de comunicação em um idioma: as passivas de listening e reading, e as ativas de writing e speaking. É totalmente normal ter mais facilidade com umas do que com outras, no entanto, é necessário treinar todas elas para atingir um nível de proficiência parecido em todas as seções. 

Isso é importante porque a maioria das universidades tem dois tipos de exigência quando o assunto é resultado no IELTS: uma nota mínima geral e também uma nota mínima para cada uma das seções da prova. Este resultado obrigatório varia de acordo com a universidade, o departamento, o nível de estudo (graduação ou pós-graduação) e a área escolhida. 

Veja alguns exemplos:

  • A Universidade de Westminster, no Reino Unido, exige uma nota mínima geral de 6.5 no IELTS e de 6.0 em cada seção da prova (listening, reading, writing e speaking) para ser considerado à admissão nos cursos de graduação da Escola de Artes e de Mídia e Comunicação.
  • A Universidade de Missouri, nos Estados Unidos, exige uma nota mínima geral de 5.5 no IELTS e de 5.0 em cada seção da prova para ser considerado à admissão em qualquer graduação da instituição.
  • A Universidade de Melbourne, na Austrália, exige uma nota mínima geral de 6.5 no IELTS e de 6.0 em cada seção da prova para ser considerado à admissão em qualquer graduação da instituição.

Ou seja: mesmo que você tenha facilidade com escrita, mas um pouco de dificuldade em conversação, a nota mínima obrigatória nas duas habilidades será a mesma, independentemente do que você acha mais fácil para você.

Além da nota de corte, cada uma dessas habilidades será extremamente necessária durante os estudos no exterior: para entender o conteúdo do curso, fazer as leituras obrigatórias, participar em sala de aula, escrever seus trabalhos acadêmicos, etc.

Ah! E apesar de ser um teste britânico, o IELTS aceita o sotaque e a ortografia oficial de qualquer país anglófono (por exemplo, program ou programme, respectivamente americana e britânica).

Como se preparar para o IELTS?

Sabemos que repetimos isso com frequência por aqui e esta é só uma prova do quanto este fator é fundamental: começar a preparar-se com antecedência. É impossível aprender um idioma da noite para o dia. Se você tem interesse em estudar no exterior, precisa, sim, começar a estudar a língua inglesa o quanto antes possível.

Entenda: estudar para o IELTS não significa aprender inglês, e sim aprender a usar as suas habilidades no idioma dentro do modelo de avaliação usado pelo exame. O ideal é que você estude especificamente para o IELTS, procurando compreender o estilo da prova, o formato dos exercícios e sinta-se confortável para responder as questões cada vez mais rápido – e para isso será necessário ter no mínimo uma proficiência intermediária no inglês.

Se a sua proficiência ainda for básica, precisará de mais tempo e intensidade nos estudos antes de prestar a prova.

Como funciona o IELTS

O primeiro passo essencial para um bom resultado no IELTS é se familiarizar com a prova. Como já explicamos aqui, você fará exercícios de múltipla-escolha, leitura e interpretação e texto, dissertativos e também falará em voz alta para comprovar sua conversação. Cada parte da prova precisa ser finalizada dentro de um tempo limitado estipulado pelo teste. Saber todos estes detalhes te dará uma grande vantagem.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

A melhor forma de se preparar é prestar o máximo de simulados possível, cronometrando o seu tempo. Mesmo que esteja com dificuldade, não pare no meio da prova. Termine-a da melhor maneira que puder e depois verifique o seu desempenho. O natural é que cada vez que você faça um simulado, o seu resultado melhore gradativamente, principalmente se estudar com regularidade.

Com a familiaridade, você conseguirá criar suas próprias estratégias: quais questões você consegue fazer mais rápido, para quais você pretende dar mais atenção, como formular sua resposta dissertativa ou em voz alta dentro do tempo, etc.

Quando você conhece a prova nos mínimos detalhes, a única coisa que precisará se preocupar no dia é com o conteúdo que pode cair. Por isso, também é aconselhável manter-se informado sobre todo tipo de assuntos gerais.

Vocabulário

Não precisa falar rebuscado para tirar uma nota satisfatória no IELTS, mas saber o máximo de palavras possível facilitará a compreensão da prova e também a impressionar os avaliadores. Enriqueça o seu vocabulário diariamente! A variedade léxica e o uso adequado do seu vocabulário são avaliados e farão com que você tire uma nota maior.

Ao estudar, sempre que encontrar uma palavra nova para você, anote-a a mão e procure o significado dela no dicionário. Jogue-a no Google e veja como ela é usada em sentenças reais. Seria interessante criar uma lista com estas palavras novas e revisitá-las todos os dias para não esquecê-las.

Argumentação

Essa é a sua hora de trabalhar suas habilidades de persuasão! Brincadeirinha... Mas a sua argumentação será outra habilidade avaliada durante a prova, principalmente na parte de writing, nas questões dissertativas. Relembre como construir bem um texto argumentativo, com introdução, parágrafos de argumentos e conclusão com clareza e firmeza.

A melhor forma de se preparar para isso é praticar, praticar, praticar! Leia tudo que conseguir em inglês, em diferentes temas, formatos e gêneros; escreva redações dissertativas sobre alguns desses assuntos, tentando manter-se dentro do limite de palavras exigido pelo IELTS.

A conversação também deve ser praticada antes da prova. Fale em inglês o máximo que puder até não sentir mais vergonha. Faça uma lista de perguntas e responda todas elas em voz alta. Se não tiver com quem treinar, grave as suas respostas e escute-as depois. Sem medo ou julgamento, lembre-se que este é o momento para errar! 

Preste atenção no que você está errando ou no que mais aparenta ter dificuldade e passe a focar nestes aspectos. Gramática? Pronúncia? Perder a vergonha de falar em voz alta? Qualquer que seja a sua dificuldade maior, ela deve ser o seu foco principal.

Algumas estratégias para o IELTS:

  • Antes de ler os textos de cada questão, saiba quais serão as perguntas que você terá que responder (menos as alternativas de múltipla-escolha que podem acabar te confundindo).
  • Tome notas durante os áudios de listening para não esquecer detalhes importantes. Não tente escrever tudo, apenas algumas informações chave.
  • Cronometre o seu tempo quando estiver fazendo simulados.
  • Sublinhe palavras importantes nos enunciados, como substantivos, verbos e palavras de quantidade e intensidade.

Visite o site oficial do IELTS.

BANCO DE REDAÇÕES

Elabore sua redação com o tema atual e as publique aqui no banco de redações

Tema

PESQUISA DE FACULDADES
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Educador Brasil Escola