Whatsapp
Em 09/04/2020 15h49 , atualizado em 09/04/2020 15h58

Senado pode suspender Enem 2020 ou prorrogar prazos

Notícias

Senadores apresentaram projetos com essas solicitações. Presidente do Senado, Davi Alcolumbre, está de acordo e mostrou apoio. Por Silvia Tancredi
PUBLICIDADE

O senador Izalci Lucas (PSDB-DF) apresentou Projeto de Decreto Legislativo (PDL) que tem como objetivo suspender o edital do Enem 2020, tornando-o inválido. 

O edital foi divulgado no dia 31 de março, quando já tinha sido decretado estado de Pandemia por causa do Coronavírus. As provas do Enem 2020 estão marcadas para os dias 1º e 8 de novembro.

Por meio do PDL, o senador considera “inoportuno” que o edital tenha sido publicado em um momento de emergência epidemiológica da Covid-19, que teve como consequência a redução das aulas dos estudantes que estão se preparando para o exame educacional. Confira abaixo trecho do Projeto:

Ao definir um calendário para o Enem, num quadro em que todas as atividades escolares se encontram interrompidas no país, sem previsão definida para retomada da normalidade escolar, com graves impactos sobre a aprendizagem dos estudantes, o INEP e o MEC se mostram alheios às consequências sociais das medidas de distanciamento social em vigor, deixando de levar em consideração a realidade vivenciada pelos candidatos que constituem o público alvo do Exame.

Adicionalmente, os candidatos poderão enfrentar dificuldades com o acesso a lan houses, bancos e casas lotéricas, comprometendo inscrições, pagamento de taxas e solicitações diversas, previstas nos referidos Editais.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre, está de acordo com a proposta e mostrou apoio. Veja o vídeo abaixo:

A senadora Daniella Ribeiro (PP/PB) apresentou Projeto de Lei (PL) que, embora mantenha o Edital do Enem, consta com minuta prevendo a prorrogação de todos os prazos em caso de reconhecido de calamidade por parte do Congresso Nacional. 

O Projeto afirma que a realização do Enem confronta irremediavelmente a igualdade de oportunidades e concorrência entre os candidatos, principalmente em relação às condições operacionais tão díspares entre alunos das instituições de ensino da rede pública em relação às oferecidas pela iniciativa privada. 

Secretários de educação

Também após a divulgação do Edital do Enem 2020 o Conselho Nacional de Secretários de Educação (CONSED) emitiu nota criticando o calendário em consequência da paralisação das aulas escolares.

A União Nacional dos Estudantes (UNE) e União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (Ubes) também se manifestaram contra o cronograma do exame educacional.

Inep

O Brasil Escola entrou em contato com o Instituto Nacional de Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), que organiza o Enem, no início da tarde, mas até o momento não obteve resposta.

Relacionados
Veja um passo a passo de como fazer a inscrição no Enem 2020. Tire suas dúvidas sobre o processo de inscrição e não perca o prazo.
A Defensoria Pública da União (DPU) entrou com uma ação cível pública contra o Inep solicitando a alteração do cronograma do Enem 2020, em virtude da pandemia do covid-19.
Participantes com coronavírus (Covid-19) terão direito de solicitar reaplicação do Enem 2020. Veja lista de doenças infectocontagiosas que permitem solicitação.
O Inep divulgou hoje, 31 de março, o edital do Enem 2020. Documento traz as datas das provas e inscrições, além das regras do exame. Confira tudo aqui1
A Justiça Federal atendeu a ação cível pública da Defensoria Pública da União (DPU) e determinou que o Inep altere o cronograma do Enem 2020 em razão da pandemia de coronavírus.
O Conselho Nacional de Secretários de Educação (CONSED) pediu adiamento do Enem 2020 em consequência da pandemia do coronavírus.
BANCO DE REDAÇÕES

Elabore sua redação com o tema atual e as publique aqui no banco de redações

Tema

PESQUISA DE FACULDADES