Topo
pesquisar
Em 26/01/2017 15h43, atualizado em 27/01/2017 15h05

Saiba quanto é preciso para passar em 15 cursos do SiSU 2017/1

Notícias

Inscrições terminam às 23h59 deste domingo (29). Seleção utiliza as notas do Enem 2016. Por Lorraine Vilela Campos
PUBLICIDADE

O Sistema de Seleção Unificada (SiSU) 2017/1 entrou em seu penúltimo dia de inscrições nesta quinta-feira, 26 de janeiro. O cadastro ou a mudança de opção de curso podem ser feitos até às 23h59 de amanhã (27), somente pelos participantes do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). 

Faça ou acompanhe a sua inscrição

Uma dúvida comum na cabeça de quem concorre à uma vaga pelo SiSU é a nota que ele precisa tirar para conseguir ser aprovado ou permanecer na disputa, fator que algumas vezes influencia na escolha do curso. O sistema conta com o ponto de corte, ou seja, pontuação mínima necessária para concorrer às oportunidades de cada graduação. 

Veja também: Confira as notas máximas e mínimas do Enem 2016

A última nota de corte foi divulgada no início da madrugada de hoje (26). É importante que o estudante acompanhe diariamente sua inscrição, pois todos os dias o MEC libera um balanço com a posição em que o candidato está na disputa de cada uma das opções para as quais ele concorre, o que lhe possibilita trocar de instituição, curso, turno, cidade ou modalidade de concorrência até às 23h59 de sexta-feira (27). 

Menores e Maiores Notas

O Brasil Escola fez o levantamento das menores e maiores notas de corte de 15 cursos. Essas notas se referem às médias obtidas no Enem 2016 e levam em consideração os pesos definidos pelas universidades para cada curso. Por exemplo, os cursos de Engenharia podem estabelecer peso maior para a prova de Matemática e menor para Ciências Humanas. 

Os pesos podem ser consultados no termo de adesão ao SiSU emitido pelas instituições participantes. Sabendo os pesos, é possível calcular a média do Enem.

Calcule a média do Enem

Confira as menores e maiores notas de corte no SiSU

Curso Menor Nota Maior Nota
Administração 563,86 na Unicentro, em Pitanga/PR 775,28 na USP, em Piracicaba/SP
Agronomia ou Engenharia Agronômica 569,56 na UESPI, em Uruçuí/PI 758,21 no IFTM, em Uberaba/MG
Arquitetura e Urbanismo 685,96, no IFBA, em Barreiras/BA 773,44 no IFMG, em Santa Luzia/MG
Ciências da Computação 567,31 na UNEMAT, em Alto Araguaia/MT 797,33 no IFCE, em Maracanaú/CE
Direito 669,670 na UEPB, em Guarabira/PB - turno vespertino 831,20 na UFF, em Volta Redonda/RJ - turno integral
Enfermagem 636,78 na UESPI, em Floriano/PI 754,14 na UFRN, em Santa Cruz/RN
Engenharia Civil 662,43 no IFS, em Estância/SE 901,34 no IFCE, em Fortaleza/CE
Engenharia Elétrica 634,88 na Unipampa, em Alegrete/RS 781,40 na Unifesspa, em Marabá/PA
Jornalismo 626,16 na UESPI, em Picos/PI 806,46 na USP, em São Paulo/SP - turno matutino
Medicina 765,33 na UFERSA, em Mossoró/RN 899,80 na UFRN, em Natal/RN
Medicina Veterinária 649,88 na UFT, em Araguaína/TO 769,77 na UFPR, em Palotina/PR
Nutrição 645,42 na Unipampa, em Itaqui/RS 762,08 na UFRJ, no Rio de Janeiro/RJ
Publicidade e Propaganda 645,40 na Unipampa, em São Borja/RS 808,02 na USP, em São Paulo/SP - turno matutino
Odontologia 708,21 na UESPI, em Parnaíba 792,86 na UFRJ, no Rio de Janeiro/RJ
Relações Internacionais 671,33 na UFRR, em Boa Vista/RR 763,25 na UFRJ, no Rio de Janeiro/RJ

 

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Bônus

Algumas instituições estão com notas mais altas porque usam diferentes tipos de bonificação, o que eleva a pontuação mínima necessária. Essas informações podem ser encontradas nos termos de adesão. A Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), por exemplo, conta com bônus de 20% para quem mora em alguma microrregião do estado. 

O Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE) dá um bônus de 20% para quem mora no estado e 10% para estudantes que fizeram todo o ensino médio ou equivalente no Ceará. 

Já a Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará (Unifesspa) dá um acréscimo de 20% para candidatos que fizeram pelo menos um ano do ensino médio em cidades que integram as regiões de influência dos municípios onde se localizam os seus campi.  

O SiSU 2017/1

O último balanço do SiSU divulgado pelo MEC se refere aos dados das 19h de ontem (25). Até tal horário, o órgão havia registrado 1.799.551 inscritos e 3.494.678 inscrições, pois cada participante pode concorrer em até duas opções de curso. 

A primeira edição do SiSU de 2017 oferece 238.397 vagas em 131 instituições públicas de ensino superior. A participação é exclusiva para quem fez o Enem 2016 e que não tenha tirado zero na redação.

As notas mínimas necessárias e a posição dos candidatos dentro do limite de vagas muda todos os dias. Amanhã (27) será liberado o último balanço individual desta edição. 

Saiba como funciona o SiSU

O sistema do SiSU conta apenas com uma chamada regular, a qual será divulgada no site oficial em 30 de janeiro. Quem for convocado deverá conferir a documentação necessária para sua modalidade e entrar na página da instituição para a qual foi aprovado para orientações de matrícula e preenchimento de formulários complementares. 

Quem não conseguir uma vaga na chamada regular não precisa se desesperar. A lista de espera abrirá inscrições também em 30 de janeiro, cujo prazo termina em 10 de fevereiro. Com base nas manifestações de interesse, o MEC repassará a relação dos concorrentes para as instituições, as quais ficarão responsáveis pelas convocações posteriores a partir de 16 de fevereiro.

Mais informações no Edital ou pelo 0800 616161.

BANCO DE REDAÇÕES

Elabore sua redação com o tema atual e as publique aqui no banco de redações

Tema

PESQUISA DE FACULDADES
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Enem Brasil Escola