Whatsapp
Em 02/12/2015 17h50 , atualizado em 02/12/2015 17h53

Quatro instituições portuguesas aderem ao Enem para ingresso de brasileiros

Notícias

Universidades de Lisboa e Aveiro e institutos politécnicos de Coimbra e Guarda abrem seleção em 2016 Por Lorraine Vilela Campos
PUBLICIDADE

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep) assinou um acordo com mais quatro instituições de ensino portuguesas para ingresso de brasileiros por meio do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). As seleções para as universidades de Lisboa e Aveiro e dos institutos politécnicos de Coimbra e da Guarda estão previstas para janeiro de 2016. 

Saiba como estudar em Portugal usando o Enem

A oferta de cursos e quantidade de vagas varia conforme a instituição. No Instituto Politécnico da Guarda, por exemplo, os brasileiros podem concorrer às graduações nas áreas de Educação, Comunicação, Tecnologia e Gestão, Turismo e Saúde. A legislação portuguesa autoriza até 20% da oferta em universidades e institutos para estudantes estrangeiros. 

Convênio

Com a adesão, cresce para 11 o número de instituições de ensino de Portugal que aceitam o Enem como forma de entrada de brasileiros. Em 2014, as universidades de Coimbra e Algarve foram as primeiras a firmarem acordo com o Inep. Já em 2015, institutos politécnicos de Portalegre (IPP), do Porto (IPP), de Leiria (IPL), de Beja (IPBeja) e de Cávado e Ave (IPCA) se juntaram ao grupo que utiliza as notas do exame para o ingresso. 

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Os estudantes que pretendem concorrer às vagas em uma das 11 instituições portuguesas devem ficar atentos aos prazos e regras nas respectivas páginas, assim como custos para os estudos e moradia. 

No Instituto Politécnico de Cávado e Ave (IPCA), em Barcelos, cujo acordo foi firmado em novembro, o investimento anual é de 1.750 euros (aproximadamente R$ 7.120), cujo valor pode ser dividido em até dez vezes. 

Por Lorraine Vilela 

com informações do MEC

Relacionados
Algarve, em Portugal, recebe candidaturas de brasileiros que fizeram o Enem. Inscrições podem ser feitas até 22 de janeiro, pelo site da universidade.
Estudantes explicam como usaram a nota do Enem para estudar em Portugal e como é a rotina nas universidades portuguesas.
Saiba como estudar em Portugal usando as notas do Enem. Ao todo, 51 instituições aderiram ao Enem, incluindo a Universidade de Coimbra e várias universidades em Lisboa e Porto.
O Instituto Politécnico do Porto (IPP) firmou o acordo com o Inep para selecionar estudantes brasileiros com a nota do Enem.
Instituição portuguesa adere ao Enem como forma de ingresso. IPCA selecionará brasileiros com base nas notas do exame. Acordo foi firmado ontem (9).
Acordo entre o IPP e o Inep foi firmado nesta quinta-feira, 8 de outubro. Seleção acontece no mês de junho, mediante taxa de 20 euros.
O MEC anunciou que vai lançar em 2016 uma edição do Sistema de Seleção Unificada (SiSU) para preencher as vagas remanescentes.
Os estudante brasileiros que fizeram o Enem entre 2012 e 2014 podem se candidatar para 260 vagas da Universidade do Algarve, em Portugal.
BANCO DE REDAÇÕES

Elabore sua redação com o tema atual e as publique aqui no banco de redações

Tema

PESQUISA DE FACULDADES