Whatsapp
Em 03/05/2022 15h49 , atualizado em 03/05/2022 15h53

Pelo segundo ano, Inep não aumenta vagas para o Enem Digital

Notícias

Proposta inicial era tornar um exame totalmente digital até 2026, mas meta esbarra na falta de questões e baixa adesão. Por Adriano Lesme
PUBLICIDADE

A edição de 2022 do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) oferecerá 101.100 vagas para a sua versão digital. A quantidade é a mesma desde 2020, ano de estreia do novo formato, contrariando a proposta inicial de aumento gradativo das vagas.

Quando anunciou o Enem Digital, em julho de 2019, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) tinha como meta tornar o exame totalmente digital até 2026. Para isso, aumentaria gradativamente as vagas ano após ano, o que não aconteceu.

Veja como o Enem Digital foi anunciado em 2019:

Enem 2020: uma versão digital e uma tradicional (impressa), com 50 mil participantes e provas em 15 capitais

Enem 2021: duas edições digitais e uma impressa, com aumento de participantes e locais de provas

Enem 2022 a 2025: aumento gradativo até atingir quatro edições do Enem Digital, além de uma edição em papel (tradicional)

Enem 2026: quatro edições do Enem Digital, sem aplicação de prova impressa

Em abril de 2020, um mês antes de abrir as inscrições para o Enem, o Inep ampliou o número de vagas para 101.100 e estendeu a aplicação para todos os estados e o Distrito Federal, totalizando 110 cidades.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Falta de questões

Na época do anúncio do Enem Digital, o projeto apresentava uma prova com itens contendo vídeos, infográficos interativos e até games. No entanto, as questões não trouxeram nenhuma novidade. Nas duas primeiras edições do Enem Digital, as questões foram retiradas do antigo Banco Nacional de Itens. No Enem 2021 as questões e o tema da redação eram exatamente os mesmos da versão impressa.

Atualmente, o Banco Nacional de Itens do Enem está defasado. Por causa disso, coordenadores e diretores do Inep recomendaram a reutilização de questões já aplicadas em provas anteriores do Enem.

Procurado pelo Brasil Escola, o Inep ainda não respondeu sobre a manutenção das vagas do Enem Digital e a falta de questões para a prova.

Enem Digital

A versão digital do Enem é exclusiva e opcional para estudantes que estão no 3º ano do ensino médio ou já concluíram os estudos. Treineiros do Enem só podem fazer a prova tradicional.

No primeiro Enem Digital, em 2020, apenas 26,7 mil entre os 93 mil inscritos fizeram as provas - uma abstenção de 71,3%. No ano passado, a versão digital teve quase 69 mil inscrições confirmadas, mas somente 34 mil estudantes participaram das provas, uma abstenção de 50,1%.

Enem 2022

As inscrições para o Enem 2022 serão recebidas entre os dias 10 e 21 de maio, pela internet. A taxa continua em R$ 85. Em abril, estudantes puderam solicitar a isenção da taxa. O resultado já foi divulgado.

Acesse o Edital do Enem 2022

As provas impressas e digitais do Enem 2022 serão aplicadas nos dias 13 e 20 de novembro, dois domingos. As duas versões terão as mesmas provas, com itens e tema da redação iguais. 

Relacionados
O Instituto Nacional de Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) soltou hoje o Edital do Enem 2022.
O Enem Digital 2021 vai permitir a inscrição de 101.100 participantes, a mesma quantidade da edição anterior. Será aplicada apenas uma edição.
Com duas edições já realizadas, Enem Digital enfrenta problemas e não atrai os estudantes. Novo formato foi anunciado em 2019 pelo Governo Bolsonaro.
  • Facebook Brasil Escola
  • Instagram Brasil Escola
  • Twitter Brasil Escola
  • Youtube Brasil Escola
  • RSS Brasil Escola
BANCO DE REDAÇÕES

Elabore sua redação com o tema atual e as publique aqui no banco de redações

Tema

PESQUISA DE FACULDADES