Topo
pesquisar
Em 27/02/2020 07h24 , atualizado em 28/02/2020 09h28

MEC divulga resultado do Fies 2020/1

Notícias

Pré-selecionados devem fazer a comprovação das informações até o dia 2 de março. Por Giullya Franco
PUBLICIDADE

O resultado do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) 2020/1 já pode ser conferido pelos candidatos. Os estudantes que foram pré-selecionados no Fies devem cumprir as etapas de complementação das informações entre os dias 27 de fevereiro e 2 de março.

Veja o resultado do Fies

Confira as próximas etapas para os selecionados na opção Fies Juros Zero:

1º etapa: Completar as informações no Site do Fies, de 27 de fevereiro a 2 de março;
2ª etapa: Procurar a Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento (CPSA) da instituição de ensino na qual a vaga é oferecida para análise da documentação, dentro do prazo de cinco dias; 
3ª etapa: Com a validação da documentação pela CPSA, o selecionado tem 10 dias (após o 3º dia da validação) para procurar o banco parceiro do Fies para o fechamento do contrato.

Para o P-Fies não é necessário realizar a etapa de complementação das informações no site, apenas as fases de comparecimento na CPSA e a ida ao banco para o fechamento do contrato.

Lista de Espera

Os candidatos que não foram convocados no Fies Juros Zero ainda têm a oportunidade de manifestar interesse nas vagas da lista de espera, entre 28 de fevereiro a 31 de março. A convocação deve ser acompanhada pelo candidato no Site do Fies.

Para quem não foi selecionado no P-Fies NÃO é possível se cadastrar em lista de espera. A categoria possui apenas a chamada regular.

Como é feito o pagamento do Fies?

O estudante deverá pagar o seguro de vida obrigatório e os juros durante o período que estiver na faculdade. Se o aluno tiver renda, as parcelas do saldo devedor começam a ser pagas (independente da modalidade) no primeiro mês após a terminar a faculdade.

Caso o estudante não tenha renda no momento, ou em algum outro período do pagamento, será cobrado o valor mínimo definido pelo regulamento. De acordo com o regulamento definido pelo MEC, o prazo máximo para o pagamento do Fies é de 14 anos, levando em consideração a capacidade de quitação mensal do estudante.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Veja também: O Fies vale a pena?

Qual a diferença do Fies e P-Fies?

O programa é dividido na modalidade Fies Fundo Garantidor (Juros Zero) e P-Fies. A principal diferença entre os dois é o valor da renda familiar por pessoa. Confira:

  • Fies: O candidato deve ter renda de até três salários mínimos. A modalidade apresenta juros zero (corrigidos apenas pela inflação). A quantidade de vagas é definida pelo MEC.
  • P-Fies: O interessado deve ter renda de até cinco salários mínimos. A modalidade tem juros definidos pelos bancos e o número de vagas não é determinado pelo MEC.

Mais: Como funciona o FIES - tire suas dúvidas

Fies 2020/1

As inscrições para o Fies foram recebidas entre 5 e 14 de fevereiro após a prorrogação do prazo, que terminaria no dia 12. A oferta do programa para este ano é de 100 mil vagas no Fies Juros Zero, sendo 70 mil vagas para o primeiro semestre. No P-Fies o número não é definido.

Puderam se inscrever na seleção o candidato que fez as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em uma das edições a partir de 2010, alcançou média de 450 pontos na prova objetiva e nota acima de zero na redação.

Aproximadamente 270 mil candidatos se inscreveram para as 70 mil vagas deste primeiro semestre na modalidade Fies Juros Zero. Para mais informações confira o FAQ Fies do Brasil Escola ou acesse o Site do Fies.

BANCO DE REDAÇÕES

Elabore sua redação com o tema atual e as publique aqui no banco de redações

Tema

PESQUISA DE FACULDADES
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Enem Brasil Escola