Topo
pesquisar
Em 30/04/2015 05h00, atualizado em 28/04/2015 17h19

Fies: novos contratos podem ser feitos somente até hoje (30)

Notícias

Já o período de renovações segue até 29 de maio, após prorrogação feita pelo MEC. Por Lorraine Vilela Campos
PUBLICIDADE

O Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) encerra nesta quinta-feira, 30 de abril, o prazo para a adesão de novos contratos. Já o período para a renovação foi prorrogado pelo Ministério da Educação (MEC) e segue até 29 de maio. 

Em balanço divulgado no dia 22 de abril, foram registrados 242 mil novos contratos e 1,9 milhão de renovações. Para a concessão de novos benefícios, têm prioridade os cursos com nota 5, pontuação máxima na avaliação do MEC, os quais serão totalmente atendidos. Já as graduações com notas 3 e 4 serão avaliados aspectos de caráter regional como localidade e cursos menos atendidos ao longo dos anos. 

A inscrição é feita pelo site do SisFies, com o preenchimento de dados pessoais, curso e instituição de ensino e, ainda, informações a respeito do financiamento pretendido. 

Após se inscrever, o estudante deve validar suas informações na Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento (CPSA) em sua instituição de ensino, em até dez dias. Após a validação, o aluno deve procurar um dos agentes financeiros do Fies, que de acordo com o MEC são a Caixa Econômica Federal e o Banco do Brasil, em até dez dias, contados a partir do terceiro dia útil subsequente à data da confirmação, para a formalização do contrato do financiamento.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Novas regras

Desde 30 de março está valendo o novo regulamento do Fies. Instituida pelas Portarias Normativas nº 21 e 23, editadas pelo MEC, a mudança para a concessão do benefício exige a pontuação mínima de 450 no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) como pré-requisito, já que anteriormente bastava apenas ter participado do exame. Além disso, passa a valer a proibição acúmulo da bolsa do Programa Universidade Para Todos (ProUni) com o financiamento em cursos diferentes. Entretanto, a complementação de benefícios parciais na mesma graduação e instituição permanece autorizada.

Por Lorraine Vilela

BANCO DE REDAÇÕES

Elabore sua redação com o tema atual e as publique aqui no banco de redações

Tema

PESQUISA DE FACULDADES
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Enem Brasil Escola