Whatsapp
Em 20/04/2020 08h14

Enem 2020: Inep garantirá isenção para estudantes de baixa renda

Notícias

Participantes com direito à gratuidade da taxa que perderam o prazo para solicitar o benefício estarão isentos do pagamento. Por Lorraine Vilela Campos
PUBLICIDADE

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) garantirá a isenção aos estudantes de baixa renda que não conseguiram solicitar a gratuidade da taxa do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020 por causa da pandemia do novo coronavírus. 

Os estudantes que estão inclusos nas categorias que têm direito à isenção da taxa estarão isentos automaticamente ao se inscreverem no Enem de 11 a 22 de maio, mesmo sem terem solicitado a gratuidade entre os dias 6 e 17 de abril.

Veja quem tem direito à isenção:

-> Estudantes do terceiro ano do ensino médio em escolas públicas;

-> Alunos que cursaram todo o ensino médio em escolas públicas ou como bolsista integral na rede privada e tenha renda per capita de até um salário mínimo e meio (Lei Federal nº 12.799/2013); 

-> Inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) e que possuem renda familiar de meio salário mínimo por pessoa ou renda familiar total de até três salários mínimos. 

A garantia da isenção foi definida pelo Inep após decisão da Justiça Federal determinar ao órgão a prorrogação do prazo da solicitação da gratuidade por 15 dias. A justificativa da Defensoria Pública da União (DPU), autora da ação, foi de que muitos estudantes com direito ao benefício não têm internet em casa e, por isso, perderam o prazo da solicitação.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

De acordo com o ministro da Educação, Abraham Weintraub, mais de 3,2 milhões de estudantes solicitaram a isenção da taxa do Enem 2020. Em 2019, 3,6 milhões de participantes conseguiram a aprovação da gratuidade. 

Alterações no cronograma

Somente o Enem Digital teve seu cronograma alterado pelo Inep. Inicialmente previsto para os dias 11 e 18 de outubro, o exame com provas virtuais será realizado em 22 e 29 de novembro. A versão tradicional do Enem, ou seja, impresso, continua com previsão para 1º e 8 de novembro. 

A alteração do cronograma do Enem 2020 também foi uma solicitação da DPU acatada pela Justiça Federal. A mudança das datas tem como objetivo não prejudicar estudantes de escolas públicas que estão sem aulas e encontram-se em desvantagem na preparação para o exame, já que alunos de escolas particulares contam com aulas pela internet. 

Relacionados
O TFF-3 decidiu por manter o cronograma do Enem 2020 e pediu para que o Inep altere o site oficial do Enem com as novas informações sobre o processo de isenção da taxa.
O publicou os novos editais do Enem 2020 na edição de hoje, 22 de abril, do Diário Oficial da União. Neles constam as mudanças anunciadas na semana passada.
O Ministério da Educação (MEC) alterou a data da aplicação do Enem Digital 2020. Provas serão realizadas em novembro.
O Inep publicou nesta sexta-feira (24) o resultado dos pedidos de isenção do Enem 2020. Recursos serão aceitos de 27 de abril a 1º de maio.
  • Facebook Brasil Escola
  • Instagram Brasil Escola
  • Twitter Brasil Escola
  • Youtube Brasil Escola
  • RSS Brasil Escola
BANCO DE REDAÇÕES

Elabore sua redação com o tema atual e as publique aqui no banco de redações

Tema

PESQUISA DE FACULDADES