Topo
pesquisar
Em 22/03/2013 14h35, atualizado em 22/03/2013 14h38

Brincadeiras na redação do Enem poderão resultar em nota zero

Notícias

Inep quer aumentar punição para textos que debocham do processo de correção. Por Adriano Lesme
PUBLICIDADE

Depois da repercussão das redações do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) que não foram zeradas mesmo contento trechos de hino de clube de futebol e receita de macarrão instantâneo, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep) quer alterar os critérios de correção para punir com zero as redações que apresentarem algum tipo de deboche.

O presidente do Inep, Luiz Cláudio Costa, defende que o próximo edital do Enem, previsto para maio, endureça as punições para esses participantes. "Vou defender junto à comissão técnica (formada por especialistas e técnicos do Inep) que, em caso de inserções indevidas seja dada a nota zero" – afirma o presidente.

Segundo Luiz Cláudio Costa, no Enem 2012 foram contabilizadas cerca de 300 redações que continham algum tipo de inserção indevida, como o caso do hino do Palmeiras e da receita de Miojo. Essas redações perderam pontos pela “brincadeira”, mas não receberam zero porque não foi caracterizada a fuga do tema.

O presidente do Inep diz que a comissão técnica discutirá critérios para discernir inserções inadequadas devido ao nervosismo do candidato "sério". Nesses casos, a redação não seria zerada. Além da punição, as discussões para a elaboração do próximo edital devem levar em consideração os erros de português.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Entenda o caso

No mês passado, o estudante Fernando Maioto publicou em sua página pessoal da rede social Facebook a versão digital da redação que escreveu no Enem. Ele incluiu, em meio aos argumentos sobre migração, o hino do Palmeiras. Ele recebeu a nota 500, metade da nota máxima. Acima da publicação, debochou: "O melhor do Enem é fazer uma redação com o hino do Palmeiras, e ainda tirar nota... UFA que eu já passei por essa fase. E desejo toda a sorte para quem está passando por ela. O Enem só me faz rir..."

No início desta semana, o jornal O Globo divulgou algumas redações com erros de português como "rasoável", "enchergar" e "trousse", além de erros de concordância, que obtiveram nota máxima (1.000) no Enem 2012. Também foi divulgada uma redação que continha receita de macarrão e recebeu nota 560.

Por Adriano Lesme
*com informações da Agência Brasil
 

BANCO DE REDAÇÕES

Elabore sua redação com o tema atual e as publique aqui no banco de redações

Tema

PESQUISA DE FACULDADES
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Enem Brasil Escola