Em 26/09/2014 16h21 , atualizado em 13/12/2016 12h27

Cursinho Equalizar - UFMG

Cursinhos comunitários

Criado em 2012, o cursinho da UFMG atende todos os anos aproximadamente 60 alunos de escolas públicas. Por Rafael Batista
O Cursinho Equalizar é registrado como projeto de extensão da UFMG.
O Cursinho Equalizar é registrado como projeto de extensão da UFMG.
PUBLICIDADE

Criado em 2012 por acadêmicos do curso de Engenharia Química da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), o Cursinho Equalizar tem a finalidade de beneficiar alunos de baixa renda da Região Metropolitana de Belo Horizonte. O programa foi consolidado como projeto de extensão da universidade no mesmo ano em que foi criado.

Atualmente, o cursinho conta com 60 professores que lecionam as disciplinas de Português, Matemática, Física, Química, Biologia, História, Geografia, Redação, Inglês, Espanhol e Sociologia, além de 17 membros administrativos. Todos atuam de forma voluntária com o intuito de facilitar a entrada de alunos de escolas públicas em instituições de ensino superior de qualidade, com foco nas universidades federais. 

As aulas são ministradas nas instalações da Escola de Engenharia da UFMG, no Campus da Pampulha, no período noturno. O curso começa em março e se encerra na semana do Enem. O material didático é gratuito. 

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Como participar

Para se matricular no Cursinho Equalizar os estudantes precisam passar por um processo seletivo que acontece anualmente. Para a turma de 2016, por exemplo, as duas etapas (prova e entrevistas) serão realizadas em no primeiro semestre. 

Para se inscrever os candidatos devem estudar ou ter estudado em escolas públicas municipais ou estaduais. Caso não seja formado, o aluno precisa estar matriculado no segundo ou terceiro ano do ensino médio. 

Há a cobrança de uma taxa de inscrição no valor de R$ 15. Os aprovados devem, ainda, pagar uma taxa de R$ 30 na matrícula. As questões do exame são baseadas no Enem com foco no conteúdo padrão do primeiro e do segundo ano do ensino médio.

Outras informações pelo site do Cursinho Equalizar, pelo telefone (31) 3409-3696, por e-mail contato@cursinhoequalizar.com.br ou pela página no Facebook.

Artigos Relacionados
Conheça o Cursinho Popular Guimarães Rosa, projeto de extensão da UFMG em Belo Horizonte que prepara estudantes de baixa renda para o Enem.
Cursinho pré-vestibular e Enem da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) recebe inscrições até o dia 19 de novembro para as turmas de 2018.
O cursinho Aprendendo a Aprender é um projeto do PET BICE da UNIFAL que atende gratuitamente estudantes de escolas públicas de Varginha/MG.
O Pré-Uni é cursinho gratuito da UFLA que atende por ano 150 estudantes da rede pública em Lavras.
O Cursinho Popular do DCE da Universidade Federal de Viçosa (UFV) prepara estudantes de baixa renda para o Enem. O preparatório é gratuito.
O Pré-Enem Equalizar 2017, da UFMG, oferece 60 vagas. Inscrições para o cursinho terminam em 19 de dezembro e a taxa é de R$ 15.
Conheça o Prepara de Betim, cursinho preparatório gratuito para alunos de escolas públicas, em Betim, Minas Gerais.
O Pré-Enem Equalizar inscreve para 80 vagas em Minas Gerais. Projeto de extensão da UFMG recebe cadastros até 2 de janeiro e a taxa é de R$10.
BANCO DE REDAÇÕES

Elabore sua redação com o tema atual e as publique aqui no banco de redações

Tema

PESQUISA DE FACULDADES