Patrocínio:

Whatsapp
Em 05/01/2022 14h26 , atualizado em 05/01/2022 14h28

Comprovante de vacina nas universidades

Blog do Vestibular

O artigo não representa a opinião do site. A responsabilidade é do autor do texto.

Instituições vencem queda de braço com o MEC e retorno às aulas presenciais se dará com mais segurança. Por Adriano Lesme
Comprovante de vacina será exigido por várias universidades
Comprovante de vacina será exigido por várias universidades
PUBLICIDADE

No final do ano passado, algumas universidades públicas anunciaram que exigiriam dos alunos comprovante de vacinação contra a Covid-19 para frequentar as aulas em 2022. A medida, que visa aumentar a segurança para professores, servidores e para os próprios estudantes, não foi vista com bons olhos pelo ministro da Educação, Milton Ribeiro.

Em resposta às universidades, o MEC publicou um despacho no Diário Oficial da União "proibindo" as instituições federais de ensino superior de exigirem comprovante de vacina dos universitários. Segundo o despacho, a exigência somente pode ser estabelecida por lei.

Mas, por que o MEC se manifestou contra as universidades? O ministro Milton Ribeiro faz parte da “ala ideológica” do Governo Bolsonaro, que desde o começo da pandemia tem se posicionado contra medidas de biossegurança, como uso de máscaras, isolamento social, lockdown e passaporte vacinal. 

Essa ala defende que as pessoas têm o direito de escolher vacinar ou não, e que a exigência de comprovante de vacina para frequentar lugares públicos fere o direito de ir e vir, a liberdade individual e a privacidade. No entanto, uma pessoa não vacinada coloca em risco não só a si mesma, como outras pessoas.

STF suspende despacho

O direito coletivo deve prevalecer sobre o individual. Esse é o entendimento do Supremo Tribunal Federal (STF), que, mais uma vez, teve que intervir para suspender uma arbitrariedade do Governo Bolsonaro. No último dia de 2021, o ministro Ricardo Lewandowski suspendeu o despacho do MEC, garantindo a autonomia que as universidades possuem para adotar quaisquer medidas de biossegurança.

“Nunca é demais recordar que a saúde, segundo a Constituição, é um direito de todos e um dever irrenunciável do Estado brasileiro, garantido mediante políticas públicas que visem à redução do risco de doença e de outros agravos, cujo principal pilar é o SUS.” (Ricardo Lewandowski, ministro do STF)

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Universidades que exigirão comprovante

Com o aval do STF, algumas universidades e institutos federais confirmaram que exigirão comprovante de vacina contra Covid-19 dos estudantes para frequentarem aulas presenciais. A exigência também valerá para professores e técnico-administrativos, que só poderão frequentar os espaços das universidades se estiverem vacinados.

Em um rápido levantamento, pelo menos dez instituições exigirão o comprovante de vacinação. São elas: UFRJ; UFBA; UFRN; UFPA; UnB; IFB; UFG; FURG; UFPel; Unipampa; e UFPR. Outras várias estão discutindo a exigência. Além disso, universidades estaduais e particulares também estão exigindo o comprovante, como USP, Unicamp, PUC-Minas, UEM e UEPG.

Portanto, vestibulando: vacine-se! Na Unicamp, por exemplo, o calouro que não apresentar comprovante de vacina na matrícula poderá, inclusive, perder a vaga. A vacinação para menores de 18 anos já está liberada em todo o país há seis meses e, em breve, a dose de reforço também poderá ser tomada.

A vacina pode salvar a sua vida, da sua família e dos seus colegas e professores da faculdade. 

Relacionados
O Blog aborda a importância da vacinação de crianças entre 5 e 11 anos para uma volta às aulas presenciais com mais segurança.
Com a suspensão das aulas presenciais, todos os estudantes foram obrigados a ingressar na forma de ensino remoto, que utiliza a internet como meio para transmissão de conteúdos dos professores para os alunos.
O ministro da Educação, Milton Ribeiro, defendeu que as universidades deveriam ser para poucos. O que você acha desse pensamento?
A Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) liberou o local de prova do Vestibular 2022 e informou que exigirá comprovante de vacina ou teste negativo de Covid-19.
  • Facebook Brasil Escola
  • Instagram Brasil Escola
  • Twitter Brasil Escola
  • Youtube Brasil Escola
  • RSS Brasil Escola
BANCO DE REDAÇÕES

Elabore sua redação com o tema atual e as publique aqui no banco de redações

Tema

PESQUISA DE FACULDADES