Topo
pesquisar
Em 28/06/2017 10h26, atualizado em 28/06/2017 10h27

Enem 2017: Inep define novo consórcio que aplicará e corrigirá as provas

Notícias

Até o ano passado, o Cebraspe, antigo Cespe, era o responsável pela realização do Exame. Por Wanja Borges
PUBLICIDADE

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) anunciou na tarde de segunda-feira, 26 de junho, em coletiva de imprensa, as instituições responsáveis pela aplicação e correção das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2017.

Conforme informado pela presidente do órgão, Maria Inês Fini, o consórcio formado pelas Fundações Getúlio Vargas (FGV), Cesgranrio e Vunesp substituirá o Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação, Seleção e Promoção de Eventos (Cebraspe), antigo Cespe.

A decisão de não renovar o contrato administrativo com o Cebraspe, responsável pelo Enem até o ano passado, foi tomada no mês de abril porque o órgão não respondeu as solicitações do Inep e apresentou condições jurídicas vulneráveis. 

O custo para a realização do exame ainda não foi definido, mas a estimativa é de que ultrapasse os R$ 619,2 milhões. O valor final será divulgado quando forem julgados todos os recursos dos participantes que não tiveram a inscrição confirmada.

Enem 2017

Conforme anunciado na coletiva de imprensa, as inscrições confirmadas no Enem 2017 subiram de 6,1 milhões para 6.731.186. Ainda assim, a edição deste ano registrou o menor número de inscritos desde o Enem 2012.

O aumento de 590.097 candidatos se deve aos recursos contra o resultado dos pedidos de isenção. Outros 4.731.587 participantes também foram dispensados do pagamento da taxa de R$ 82, seja por estarem no 3º ano do ensino médio em escolas públicas ou por terem baixa renda. 

As provas serão aplicadas nos dias 5 e 12 de novembro, dois domingos consecutivos. O primeiro dia contará com as provas de Ciências Humanas, Linguagens e Códigos e a Redação. Já o segundo trará perguntas de Matemática e Ciências da Natureza. 

Já a divulgação do resultado está prevista para 19 de janeiro. As notas poderão ser usadas no Sistema de Seleção Unificada (SiSU) 2018, Programa Universidade Para Todos (ProUni) 2018 e Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) 2018.

PUBLICIDADE
BANCO DE REDAÇÕES

Elabore sua redação com o tema atual e as publique aqui no banco de redações

Tema

PESQUISA DE FACULDADES
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Enem Brasil Escola