Whatsapp
Em 03/12/2007 11h02 , atualizado em 28/05/2021 10h41

Design de Interiores

Guia de Profissões

Designer projeta ambientes internos para que sejam funcionais e sustentáveis Por Lorraine Vilela Campos
Escolha de cores e revestimentos faz parte da atividade do designer de interiores
Escolha de cores e revestimentos faz parte da atividade do designer de interiores
Crédito da Imagem: shutterstock
PUBLICIDADE

O designer de interiores é o profissional capacitado para a criação, gestão e execução de projetos de design em espaços e ambientes internos. Seu trabalho vai além da decoração, envolvendo também ambientes projetados para serem funcionais e sustentáveis. Fazendo o uso correto da acústica, da ergonomia e da iluminação, o designer proporciona uma experiência de bem-estar no ambiente.

O curso de Design de Interiores é a formação necessária para quem deseja seguir a carreira de designer de interiores. No Brasil, a oferta mais comum é no formato de curso superior de tecnologia, graduação com menor duração (em média 2,5 anos) que garante o diploma de tecnólogo. É possível encontrar o curso nas modalidades presencial e a distância (EaD).

O perfil do estudante de design de interiores é de alguém criativo, que goste de acompanhar as tendências e lançamentos, que saiba ouvir e argumentar e que esteja disposto a trabalhar sob pressão. 

Curso 

O curso de Design de Interiores oferece ao estudante uma formação voltada para a prática, pensando no mercado de trabalho, sem deixar de lado o conteúdo humanístico. A graduação busca formar um profissional que seja capaz de entender os conceitos culturais, sociais e psíquicos que constituem um projeto de interiores. 

Arte, História e Informática estão na base das disciplinas que constituem a grade curricular do curso de Design de Interiores. 

A distribuição dos conteúdos entre teoria e prática e a ênfase em determinadas áreas pode mudar de acordo com a instituição e a duração da graduação. Algumas universidades, como a Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR), oferecem o curso em dois anos, enquanto outras em dois anos e meio, como o Instituto Federal de Minas Gerais (IFMG).

Disciplinas 

  • Desenho Arquitetônico
  • Desenho de Observação
  • História da Arte
  • Informática
  • Introdução ao Design
  • Metodologia do Trabalho Científico
  • Projeto de Design de Interiores
  • Desenho de Perspectiva
  • História da Arquitetura
  • Plástica
  • Desenho Assistido no Computador
  • Materiais Aplicados ao DI
  • Cor e Ambientação
  • Ergonomia e Acessibilidade
  • Cultura Brasileira
  • Conforto Ambiental
  • Maquetes e Modelos
  • Paisagismo
  • Iluminação
  • Gestão em Empreendedorismo
  • Prática e Ética Profissional
  • Trabalho de Conclusão de Curso

Design de Interiores, Arquitetura e Decoração: qual a diferença? 

É comum para quem não conhece o trabalho do designer de interiores confundir a sua função com a atuação do arquiteto. Um outro equívoco recorrente é atribuir ao profissional do Design de Interiores o título de decorador, restringindo a sua atividade a decoração. 

Pensando nessa confusão de atribuições, vamos esclarecer o trabalho de cada uma das profissões.

Design de Interiores

Formação: curso superior de Tecnologia em Design de Interiores

Trabalho: o designer de interiores projeta seus espaços a partir do briefing passado pelo cliente, mas pensando no conforto e na funcionalidade ao escolher mobiliário, iluminação, cores do ambiente e outros itens, proporcionando a melhor experiência ao usuário. 

O designer de Interiores tem o conhecimento técnico e a noção espacial para alterar as configurações dos ambientes internos, mas não tem autorização para fazer intervenções em estruturas ou instalações – derrubar paredes, por exemplo. Apenas pode sugerir quais mudanças podem ser feitas e solicitar a avaliação e validação de um arquiteto ou engenheiro.

Arquitetura

Formação: bacharelado em Arquitetura e Urbanismo

Trabalho: o arquiteto é habilitado para fazer mudanças físicas nos ambientes, podendo reestruturar um ambiente demolindo ou incluindo paredes, por exemplo. Em relação ao design, uma confusão é causada pela existência do termo "Arquitetura de Interiores", parte da Arquitetura que se refere ao interior das edificações, tais como escadas, pilares, rampas, mezaninos etc. 

É possível que um arquiteto invista em uma carreira voltada para a intervenção no design do interior de ambientes. Para isso, é necessária uma formação continuada para que sejam estudados conteúdos como metodologias de design, análise e desenvolvimento de interiores, compreensão dos espaços e sua ocupação pelos usuários. 

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Decoração

Formação: cursos de curta duração ou decoradores autodidatas

Trabalho: o decorador também pode trabalhar com interiores, mas a sua função está mais ligada à estética dos espaços. Diferente do designer, o profissional não tem o conhecimento técnico para a realização de projetos focados no usuário e suas necessidades. Além disso, a área de decoração não exige formação especializada para o exercício das atividades. 

Leia também: 9 cursos para quem gosta de desenhar

Mercado de Trabalho 

O designer de interiores pode ter seu próprio escritório – ou em conjunto com outros profissionais parceiros – ou trabalhar em incorporadoras e construtoras. Também pode atuar na indústria do entretenimento, com a parte de set design (como cenários, cidades cenográficas) e eventos; indústria de móveis e afins etc.

Áreas de atuação 

Decoração e Paisagismo

A área de decoração e paisagismo é uma boa oportunidade para o profissional de interiores. O designer pode cuidar da mobília, da escolha do material do revestimento das paredes, das cores do ambiente, dos acessórios e da forma como serão distribuídos no local escolhido pelo cliente. 

Partes como deck, piscina, jardim e quintal podem fazer parte do projeto do designer, ampliando ao paisagismo a sua atuação. 

Consultoria

O designer de interiores pode trabalhar com consultoria especializada para clientes de escritórios de arquitetura, imobiliárias, construtoras, incorporadoras e até mesmo em lojas de móveis ou materiais para acabamento. 

Além da consultoria em si, é comum que profissionais do ramo da construção e da arquitetura tenham sua cartela de contatos com designers para sugerir aos clientes.

Desenho de móveis

Pessoas que desejam criar ambientes personalizados costumam investir em móveis projetados para suas necessidades. Desenhar o mobiliário é uma boa opção para o designer que gosta de criar suas próprias peças.

É possível trabalhar com desenho de móveis por conta própria, caso tenha seu escritório, ou para empresas de mobília.  

Eventos

O designer pode montar ambientes em diferentes tipos de eventos, cuidando da decoração, do sistema de iluminação e de som, além de trazer para o espaço a identidade do cliente. 

Coquetéis, lançamentos, formaturas, casamentos e eventos corporativos são eventos que dão diferentes possibilidades de atuação para o designer de interiores. 

Set Design

A produção de cenários para TV, teatro, cinema ou fotografia é uma possibilidade de trabalho para o designer de interiores. A área é conhecida como set design.

Salário 

O salário de um designer muda bastante de acordo com a sua área de atuação e tamanho do projeto. De acordo com a Catho, a média salarial das vagas anunciadas em seu site é de R$ 1.470.

Faculdades

Região Sudeste
Espírito Santo: UNP; FAESA I
Minas Gerais; IFMG; IFSEMG; UFU; FUMEC; Uniube; UniBH
Rio de Janeiro: Estácio; Veiga de Almeida; Cândido Mendes
São Paulo: IFSP; Centro Belas Artes; USJT; Unifev; Unicsul; Unip; Unoeste; Unicid; Anhembi Morumbi

Região Nordeste
Alagoas
: IFAL
Bahia; UFBA; Unifacs; UniJorge
Maranhão: UEMA
Paraíba: IFPB; Unipê
Pernambuco: FBV; Uninassau
Sergipe: UNIT

Região Centro-Oeste
Distrito Federal
: UCB; Uniplan; IESB
Goiás: UFG; UniEvangélica; Universo
Mato Grosso do Sul: Unigran

Região Norte
Pará: UNAMA

Região Sul
Paraná
PUCPR; UTP; Unicesumar; UP; UniCuritiba
Rio Grande do Sul: UCS; Feevale; FAI; UniRitter
Santa Catarina: Univille; Univali; Unisul; Uniplac

Artigos Relacionados
Listamos as dez melhores escolas de design do mundo, segundo o QS World University Rankings by Subject 2021. Veja quais são!
Mais de 2 mil vagas são oferecidas em 17 cursos, como Arquitetura e Design de Interiores.
Hotcourses oferece oportunidade para brasileiros estudarem nas melhores Escolas de Música e Faculdades de Design do exterior.
Saiba tudo sobre o curso de Tecnologia em Design de Produto e veja como é o trabalho do designer de produto. Saiba como está o mercado de trabalho e a média salarial.
BANCO DE REDAÇÕES

Elabore sua redação com o tema atual e as publique aqui no banco de redações

Tema

PESQUISA DE FACULDADES