Em 24/04/2017 16h49

Governo anuncia o fim das bolsas de estudo do Ciência sem Fronteiras

Estudar no Exterior

Falta de verba e baixa proficiência no inglês dos candidatos foram os motivos alegados pelo MEC Por Hotcourses Brasil
PUBLICIDADE

O Ministério da Educação (MEC) anunciou oficialmente o fim do programa de bolsas de estudo Ciência sem Fronteiras (CsF), que propunha a mobilidade acadêmica de estudantes brasileiros em diferentes níveis de estudo e para diversos países do mundo. No segundo semestre de 2016, as regras do programa já haviam mudado, excluindo dos editais os cursos de graduação, que correspondiam a 79% de todas as bolsas já oferecidas. O encerramento se deve, principalmente, por falta de verba e pela baixa proficiência no inglês dos candidatos. 

O governo, em alguns casos, como o das bolsas oferecidas no Reino Unido e nos Estados Unidos, precisava oferecer primeiramente um curso de inglês intensivo para os estudantes antes de darem início ao programa acadêmico oficial, a fim de prepará-los com a fluência mínima necessária para a compreensão do conteúdo universitário no exterior.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Apesar de o ministro de Educação, Mendonça Filho, reforçar que o CsF apenas passará a focar nas bolsas de estudo para pós-graduações e de intercâmbios para cursos de inglês, nenhum novo edital será aberto. Os 4 mil brasileiros que ainda permanecem no exterior por meio do CsF continuarão a receber o subsídio do governo, que também manterá os editais de pós-graduações já abertos. No entanto, novas vagas não devem anunciadas.

O valor do programa foi o que mais pesou na decisão de encerrá-lo. Segundo o Ministro, uma bolsa de estudo de graduação do CsF equivalia a financiar um curso integral de quatro anos no Brasil para três alunos. No total, foram mais de 100 mil bolsistas desde a sua criação e, em quatro anos, o governo gastou mais de 6,4 bilhões com o programa.

Artigos Relacionados
Selecionamos três opções de processos seletivos abertos para bolsas de estudo no exterior para brasileiros.
Além de contribuir com os alunos da educação superior, o Idiomas sem Fronteiras também beneficiará professores da educação básica.
Saiba para quem se destina e como funciona o Programa Inglês sem Fronteiras disponibilizado pelo Ministério da Educação (MEC).
Acordo deve enviar aproximadamente 5.500 estudantes brasileiros para a Irlanda até 2016.
Programa do Governo Federal vai conceder bolsas de estudo em Harvard e MIT para brasileiros.
BANCO DE REDAÇÕES

Elabore sua redação com o tema atual e as publique aqui no banco de redações

Tema

PESQUISA DE FACULDADES