Topo
pesquisar
Em 06/02/2018 11h10, atualizado em 06/02/2018 11h14

História para o Enem: A Crise de 29 e o Liberalismo Clássico

Vídeos

Acompanhe uma aula gratuita de História para o Enem. O tema é Crise de 29 e o Liberalismo Clássico. Por Adriano Lesme
PUBLICIDADE

A Crise de 29 representa um importante marco na história. Além de ser um assunto de grande relevância para se ter conhecimento, também é muito cobrado nos vestibulares. Para te deixar por dentro deste tópico de forma aprofundada, o professor Márcio Branco dá aula aula sobre o tema: A Crise de 29 e o Liberalismo Clássico

A Crise de 29

A Crise de 29, período conhecido como a Grande Depressão, foi marcado pela quebra da bolsa de valores de Nova Iorque. O aumento do consumo gerou um aumento da produção industrial que em algum momento superou a demanda. Consequência: indústrias foram à falência. Ao mesmo tempo, houve uma superprodução agrícola, que produziu mais do que a demanda. Muitas pessoas investiram em ações de empresas que com essa superprodução passavam a valer cada dia menos. Em agosto de 29, as ações alcançaram os valores mais baixos, todos tentavam vender, mas ninguém queriam comprar. A economia americana travou. Quem exportava produtos americanos começou a sentir e o efeito dominó se deu por mundo afora. 

Liberalismo Clássico

O liberalismo é uma teoria onde a sociedade e o governo valorizam a liberdade e a igualdade. Suas ideias são influências do Iluminismo e das revoluções burguesas e estão fortemente ligadas ao surgimento da democracia. No liberalismo clássico, os direitos civis são fundamentais e o Estado não deve se intrometer no jogo do mercado.

PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Enem Brasil Escola
<