Topo
pesquisar
Em 09/11/2018 07h00, atualizado em 09/11/2018 13h29

Ciências da Natureza: 8 fórmulas de Física para o Enem 2018

Notícias

O professor de Física, Rafael Helerbrock, explica como e quando usar as fórmulas na prova Por Lorraine Vilela Campos
PUBLICIDADE

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2018 está em sua reta final! Nada melhor que chegar preparado (a) para a prova de Física do próximo domingo, 11 de novembro, não é mesmo? O professor de Física do Brasil Escola, Rafael Helerbrock, explica quais fórmulas podem estar presentes nas 15 questões da disciplina na área de Ciências da Natureza e quando utilizá-las.

Confira dicas de Física para o Enem 2018!

Como as fórmulas de Física utilizam diferentes prefixos e unidades de medidas, o estudante precisa conhecer o Sistema Internacional de Unidades (SI). Além disso, é importante saber converter as unidades para resolução das questões. 

Veja também: Professor dá dicas de revisão para prova de Biologia do Enem 2018

Fórmulas de Física no Enem

A Física possui várias equações, mas algumas são mais estudadas durante o ensino médio e também são mais recorrentes no Enem.

Movimento uniforme e velocidade média

Segundo Helerbrock, a fórmula de velocidade média é utilizada quando o enunciado da questão referir a uma velocidade constante, ou seja, sem aceleração

A fórmula da velocidade média se dá pela razão do deslocamento pelo intervalo do tempo de movimento:

Legenda:
v
m – velocidade média (m/s)
ΔS – deslocamento (m)
Δt – intervalo de tempo (s)

Energia cinética

Energia cinética é a a quantidade de energia mecânica em relação à velocidade de um móvel. A fórmula usada é a seguinte:

Legenda:
Ec – energia cinética (J)
m – massa do corpo (kg)
v – velocidade do corpo (m/s)

Equação de Torricelli

Segundo o professor de Física, a equação de Torricelli é usada quando o intervalo de tempo do movimento não é informado na questão. Costuma ser abordada quando o assunto se trata de movimentos acelerados e desacelerados. 

DICA: Rafael Helerbrock destaca a importância da leitura atenta ao enunciado. Os estudantes precisam prestar atenção nas palavras "repouso" e "frenagem". 

- O momento em que um corpo atinge o repouso é quando sua velocidade final é nula.
- Ao partir do repouso, entendemos que sua velocidade inicial era nula. 
- Em uma frenagem completa, a velocidade final será sempre zero.

Legenda:
v – velocidade final (m/s)
v0 – velocidade inicial (m/s)
a – aceleração (m/s²)

Potência

Segundo o professor Rafael, a potência pode se relacionar à qualquer forma de energia existente na Física. 

O cálculo da potência mede a variação da energia em função de um intervalo de tempo. Confira a fórmula:

Legenda:
Q – quantidade de calor (J ou cal)
c – calor específico (J/kg.K ou cal/g.ºC)
ΔT - variação de temperatura (K ou ºC)

Corrente Elétrica

Para a saber a corrente elétrica sobre um corpo é preciso achar a quantidade de carga elétrica que o atravessa em um intervalo de tempo determinado:

Legenda:
i – corrente elétrica (A)
ΔQ – módulo da carga elétrica (C)

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Δt - intervalo de tempo (s)

Calor sensível

De acordo com o professor, calor sensível é a quantidade de calor que está envolvida na interação entre dois corpos de diferentes temperaturas

Para que o calor sensível recebido ou cedido seja calculado o estudante terá que saber o módulo do seu calor específico, sua massa e a variação de tempetura que ele sofreu. Confira:

Legenda:
Q – quantidade de calor (J ou cal)
c – calor específico (J/kg.K ou cal/g.ºC)
ΔT - variação de temperatura (K ou ºC)

Leis de Ohm

1ª Lei de Ohm

A 1ª Lei de Ohm é a relação das grandezas elétricas como potencial elétrico, resistência elétrica e corrente elétrica de forma constante caso o corpo em que se estabelece uma diferença de potencial seja ôhmico. Esta Lei vale apenas para resistores ôhmicos, ou seja, de resistência elétrica constante.

Legenda:
R
– resistência elétrica (Ω)
U – potencial elétrico ou diferença de potencial (V)
I – corrente elétrica (A)

2ª Lei de Ohm

A 2ª Lei de Ohm estabelece que a resistência elétrica dos corpos é uma propriedade geométrica, isto é, depende das dimensões dos corpos e de sua resistividade. 

Quanto maior for o comprimento de um fio, maior será sua resistência elétrica. Quanto maior for sua área transversal, menor será o valor de sua resistência elétrica.

Legenda:
R – resistência elétrica (Ω)
ρ – resistividade (Ω.m)
l – comprimento do resistor (m)
A - área transversal do resistor (m²)

Lei de Coulomb

A lei de Coulomb é a forma de calcular o módulo da força elétrica (seja atrativa ou reativa), que exista entre duas cargas elétricas puntiformes. Cargas puntiformes são quando elas possuem tamanhos a serem desprezados em relação à distância que as separa. 

Legenda:
F – módulo de força elétrica (N)
k0 – constante eletrostática do vácuo (N.m².C²)
Q1 – módulo da carga 1 (C)
Q2 módulo da carga 2 (C)

Conheça a prova de Física

Para conhecer antecipadamente como o Enem trabalha a Física em sua prova, acesse os cadernos de edições anteriores e seus gabaritos. Com isso, você já chega com noção de como as fórmulas são cobradas nas questões de Ciências da Natureza.

Você pode revisar o conteúdo no canal do Brasil Escola no YouTube e treinar seus conhecimentos no simulado online

Como será o segundo dia do Enem?

O segundo dia do Enem seguirá o mesmo formato de aplicação e logística do primeiro: os portões serão abertos às 12h e fechados às 13h, enquanto as provas serão realizadas a partir das 13h30 (horário de Brasília). 

Veja também: Professor dá dicas para a prova de Matemática do Enem 2018

Os participantes terão cinco horas para fazer as questões de Física, Química e Biologia (Ciências da Natureza), além da prova de Matemática. 

Mais informações no Especial do Enem 2018 do Brasil Escola

BANCO DE REDAÇÕES

Elabore sua redação com o tema atual e as publique aqui no banco de redações

Tema

PESQUISA DE FACULDADES
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Enem Brasil Escola