Whatsapp
Em 13/11/2011 20h48 , atualizado em 13/11/2011 21h03

Comentário Redação 03 - Unicamp 2012

Correções de Provas

Por Thiago Ribeiro
PUBLICIDADE

Para a elaboração da 3ª proposta, o aluno teria que se colocar na posição de um leigo em informática que , ao ler a matéria “Cabeça nas nuvens” (que constava na coletânea), resolve se aprofundar no conceito “computação em nuvem” e que, depois de trocar idéias com usuários de computadores e de ler sobre o assunto, resolve produzir um verbete a ser publicado em uma enciclopédia on-line dirigida a pessoas que, como o emissor, são leigas. Seu texto tinha como objetivo explicar o que é o conceito “computação em nuvem”, já que chegou à conclusão de que este é pouco conhecido.

Sendo o verbete um gênero textual com característica informativa, o candidato deveria explicar, de forma clara, objetiva e o mais completa possível, o que é “computação em nuvem”, fornecendo ilustrações que comprovassem a presença de tal conceito em atividades cotidianas da maioria dos usuários de computador, como a utilização de programas virtuais de email ( como aparece no texto II), e a utilização de arquivos que ficam armazenados virtualmente ( como destacado pelo texto base). Ainda nesse verbete, o vestibulando deveria mostrar uma vantagem (como a utilização de aplicativos disponibilizados gratuitamente em ambientes virtuais), e uma desvantagem (como dependência do usuário com relação à qualidade da conexão, bem como a fragilidade da privacidade das informações).

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Com relação à interlocução, a proposta, mais uma vez, deixou o candidato em dúvida ao possibilitar duas leituras: uma seguindo as características do gênero “verbete” e sua natureza enciclopédica, que não possui marca de interlocução; e outra, seguindo indício da proposta, que indica que o verbete fora produzido por e direcionado para leigos em informática. Caso a proposta estivesse se referindo a um verbete típico, o candidato não poderia, na elaboração de seu conceito, marcar a interlocução de forma explícita, deveria marcar a interlocução entre não especialistas no assunto através de uma seleção vocabular que não fosse técnica e explicações conceituais muito simples.

A terceira proposta, assim como as duas primeiras, trouxe problemas no modo de apresentação para o aluno que, provavelmente, teve dificuldades em perceber exata e especificamente o que estava sendo exigido com relação à execução do texto. Seguindo as propostas atuais de produção de texto em contexto escolar, foi exigida do candidato a produção de um texto informativo, inédito nesse novo formato do vestibular da Unicamp.

Artigos Relacionados
Comentário da primeira proposta de redação da prova QZ da 1ª fase do Vestibular Unicamp 2012.
Veja o comentário da Segunda Redação do Vestibular 2012 da Unicamp.
  • Facebook Brasil Escola
  • Instagram Brasil Escola
  • Twitter Brasil Escola
  • Youtube Brasil Escola
  • RSS Brasil Escola
BANCO DE REDAÇÕES

Elabore sua redação com o tema atual e as publique aqui no banco de redações

Tema

PESQUISA DE FACULDADES