Em 13/02/2020 14h55

Vale a pena fazer um cursinho para Medicina?

Blog do Vestibular

O artigo não representa a opinião do site. A responsabilidade é do autor do texto.

Entenda como um pré-vestibular para Medicina pode ajudá-lo a conseguir uma vaga na universidade. Por Oficina do Estudante
PUBLICIDADE

Este é um momento bastante complicado na vida de um vestibulando, principalmente para os que estão em busca de carreiras com uma concorrência mais elevada, como Medicina.

Imagine que você, no último ano, tenha feito um cursinho de Medicina para se preparar bem para os vestibulares. Agora, as listas de chamadas para as grandes universidades estão saindo e você ainda não conseguiu a sua sonhada vaga...

Nesse momento surgem várias dúvidas em sua cabeça: Será que o cursinho de Medicina que eu fiz foi ruim? Ele não me preparou adequadamente? Devo tentar outro cursinho por mais um ano? Vale a pena estar num cursinho mais puxado ou eu devo fazer um cursinho extensivo normal, com uma carga horária menor?

Os questionamentos são muitos e, para eles, há várias respostas. Veja abaixo:

=> O cursinho de Medicina irá lhe preparar melhor para um processo seletivo de alto nível. Isso porque o preparatório engloba uma série de fatores que levam a um ganho de desempenho: normalmente, os professores dessas turmas são mais experientes e do mais alto nível no corpo docente. Esse é um fator importante a se considerar.

=> Muitas vezes, os sistemas de ensino dispõem também de materiais específicos para o cursinho de Medicina. Há, além disso, aulas específicas em disciplinas como Matemática, Biologia, Química e Física, que concentram grande parte das provas de segunda fase dos vestibulares para Medicina.

=> Um bom cursinho fornecerá, nas aulas específicas, aquilo que pode ajudar garantir sua vaga na faculdade, e não apenas a passagem da nota de corte da primeira para a segunda fase.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

=> O cursinho de Medicina também conta com plantões de dúvidas específicos, com horários e profissionais dedicados apenas aos alunos matriculados nessas turmas. Ou seja, há inúmeras vantagens na preparação.

Entretanto, há outras questões que você deve levar em conta para tomar sua decisão.

=> Um cursinho de Medicina tem uma grade horária extensa. Isso faz com que o aluno tenha menos tempo para estudar um elemento importante na preparação ao longo do ano letivo.

=> Muitas aulas não significam, necessariamente, uma melhor preparação. Quantidade sem qualidade pode ser apenas uma perda de tempo. Portanto, o mais importante é que o cursinho escolhido preze pelas boas aulas, pelo bom material, por uma equipe experiente, coesa, e por um projeto pedagógico de excelência acadêmica que te leve ao alto desempenho.

=> Outro questionamento importante que o aluno deve ponderar é se ele está pronto para vivenciar a cobrança de um cursinho de Medicina. Rankings de simulados, comparativos inevitáveis entre os alunos da sala, resultados anteriores e experiências em outras turmas de cursinhos. Tudo faz parte da vivência do aluno matriculado nessas turmas.

Essa pressão extra te estimula a melhorar seu desempenho? Você considera importante ter muitas aulas e aulas mais aprofundadas? É importante para você ter um apoio pedagógico diferenciado? Coloque na balança os prós e os contras.

Seja qual for sua decisão, se vai fazer um cursinho de Medicina ou não, vá em frente e busque seu sonho!


Por JP Ferreira
Diretor Pedagógico do Pré-Vestibular Oficina do Estudante

BANCO DE REDAÇÕES

Elabore sua redação com o tema atual e as publique aqui no banco de redações

Tema

PESQUISA DE FACULDADES