Whatsapp

Linguagem neutra, um direito dos não-binários.

Banco de Redações

Tema: Debate sobre a linguagem neutra

Redação enviada em 24/04/2022

PUBLICIDADE

A sociedade está em progresso constante e, com o tempo, estigmas são quebrados e o “diferente” é aceito, um exemplo seria a homossexualidade que deixou de ser considerada uma doença em 1990. Entretanto, ainda há entraves que persistem, como a não adesão da linguagem neutra que representa uma minoria da sociedade, os não-binários, por isso, debater tal tema é imprescindível na sociedade brasileira. (Formule a tese)

Em primeiro lugar, as pessoas não-binárias não pertencem exclusivamente a um único gênero, logo não são representadas ao serem tratadas com pronomes no masculino ou feminino (Explore essa ideia com mais produtividade). De acordo com a Carta Magma de 1988, o Estado tem o dever de acolher todos os seus cidadãos, respeitando a singularidade de cada. (Truncamento) Mas não é o que procede, pois esta minoria não está inclusa na língua brasileira (Explore mais essa discussão), por não terem seus pronomes validados.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

(Boa estratégia coesiva) Como consequência, cidadãos não-binários são invalidados em diversos segmentos (Especifique-os) da sociedade pela ausência da linguagem neutra. Segundo Max Weber, quando uma pequena parte da sociedade não tem seus direitos assegurados, como a maior parcela, ela acaba sendo inferiorizada. Por isso, tal adesão é crucial, dando, por exemplo, a oportunidade dos não-binários assinalarem em um concurso público o gênero que os representa.

(Boa estratégia coesiva) Portanto, é necessário integrar o gênero não-binário à língua. Para isso, é dever da Academia Brasileira de Letras normatizar os pronomes não-binários, sendo incorporados nos concursos, vestibulares e demais meios escritos e de comunicação. Essa medida terá a finalidade de representar os não-binárias na língua, integrando-os na sociedade. (Apresente todos os elementos da proposta de intervenção)

Comentários do corretor


As discussões precisam ser exploradas com mais produtividade ao longo do desenvolvimento. Não deixe de exercitar a sua escrita. 


Competências avaliadas


Competência Nota Motivo
Domínio da modalidade escrita formal 160 Nível 4 - Demonstra bom domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com poucos desvios gramaticais e de convenções da escrita.
Compreender a proposta e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o texto dissertativo-argumentativo em prosa 160 Nível 4 - Desenvolve o tema por meio de argumentação consistente e apresenta bom domínio do texto dissertativo-argumentativo, com proposição, argumentação e conclusão.
Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações em defesa de um ponto de vista 160 Nível 4 - Apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, de forma organizada, com indícios de autoria, em defesa de um ponto de vista.
Conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação 200 Nível 5 - Articula bem as partes do texto e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos.
Proposta de intervenção com respeito aos direitos humanos 120 Nível 3 - Elabora, de forma mediana, proposta de intervenção relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto.
NOTA FINAL:     800


Veja abaixo a nota relacionada a cada nível
Nível 0 Nota 0
Nível 1 Nota 40
Nível 2 Nota 80
Nível 3 Nota 120
Nível 4 Nota 160
Nível 5 Nota 200


  • Facebook Brasil Escola
  • Instagram Brasil Escola
  • Twitter Brasil Escola
  • Youtube Brasil Escola
  • RSS Brasil Escola
BANCO DE REDAÇÕES

Elabore sua redação com o tema atual e as publique aqui no banco de redações

Tema

PESQUISA DE FACULDADES