Whatsapp

Incluindo o neutro

Banco de Redações

Tema: Debate sobre a linguagem neutra

Redação enviada em 21/04/2022

PUBLICIDADE

Na obra “Ensaio sobre a cegueira”, do escritor português José Saramago, o autor utiliza o termo “cegueira branca” para referi-se à nação que finge não enxergar os problemas em seu meio social. Externo à literatura, a sociedade hodierna vai ao encontro com o exposto pelo escritor, uma vez que, no Brasil, o corpo social possui um olhar pouco direcionado ao debate acerca da linguagem neutra. Nesse prisma, deve-se analisar como o silenciamento e o preconceito social impulsiona tal problemática, com o intuito de solucioná-la. (Muito bem. Formulou a tese) 

Sob esse viés, é fulcral pontuar, a princípio, como o silenciamento no âmbito social intensifica o imbróglio. Nesse sentido, Djamila Ribeiro, filósofa brasileira, menciona que um problema só poderá ser solucionado se for tirado da invisibilidade. Diante de tal ótica, é fato que a linguagem neutra é pouco debatida no dia a dia do povo brasileiro, tendo em vista que muitos espaços públicos silenciam tal causa, a exemplo, a lei a lei5. 123/21, de Rondônia, que proíbe o uso da linguagem neutra nas escolas e concurso públicos (Explore essa discussão com mais produtividade). Nessa circunstância, é inevitável que o assunto fique cada vez mais invisível perante o povo e que a parcela das pessoas que se identificam com o pronome neutro se sinta excluída. Desse modo, é indubitável uma mudança dessa postura comunitária para a garantia do bem-estar coletivo.

(Boa estratégia coesiva) Outrossim, é imperativo ressaltar como o preconceito intrínseco na sociedade prorroga  o empecilho. Nesse contexto, o célebre  físico alemão Albert Einstein, (Sem vírgula) menciona ser mais fácil desintegrar um átomo do que um preconceito. Nessa lógica, é notório que o comportamento preconceituoso dos cidadãos, no que concerne a julgamentos e críticas ao uso do termo neutro pelo grupo LGBTQ+ (Desenvolva a sigla), é um dos principais fatores que dificulta a implantação da linguagem neutra. Consequentemente, tamanha barbárie impossibilita a  inclusão e a representatividade desse povo, já que parte dos brasileiros se recusa a utilizar o pronome neutro. Logo, urgem maneiras para reverter esse quadro deletério. (Explore essa discussão com mais produtividade)

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

​​​​​​​(Boa estratégia coesiva) Portanto, diante do problema exposto, fazem-se necessários debates acerca da linguagem neutra no cenário brasileiro. Para tanto, a fim de tirar o tema da invisibilidade, o Poder Legislativo, responsável pela política nacional de leis do país,  deve, por meio da elaboração de projetos de leis, enviar para votação no senado propostas que autorizem a utilização da linguagem neutra em todo espaço social. Ademais, com o objetivo de repúdio ao preconceito, cabe às escolas e às mídias sociais, através de palestras escolares e propagandas televisivas para alcançar todo tipo de público, criar campanhas  que mostrem a importância do pronome neutro e os malefícios do preconceito. Destarte, haverá mais debates sobre a linguagem neutra  e o Brasil se afastará do patamar expresso por Saramago. (Apresente o detalhamento) 

Comentários do corretor


Explore as discussões com mais produtividade ao longo do desenvolvimento. Mantenha os aspectos positivos. Não deixe de exercitar a sua escrita.


Competências avaliadas


Competência Nota Motivo
Domínio da modalidade escrita formal 160 Nível 4 - Demonstra bom domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com poucos desvios gramaticais e de convenções da escrita.
Compreender a proposta e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o texto dissertativo-argumentativo em prosa 200 Nível 5 - Desenvolve o tema por meio de argumentação consistente, a partir de um repertório sociocultural produtivo e apresenta excelente domínio do texto dissertativo-argumentativo.
Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações em defesa de um ponto de vista 160 Nível 4 - Apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, de forma organizada, com indícios de autoria, em defesa de um ponto de vista.
Conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação 200 Nível 5 - Articula bem as partes do texto e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos.
Proposta de intervenção com respeito aos direitos humanos 160 Nível 4 - Elabora bem proposta de intervenção relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto.
NOTA FINAL:     880


Veja abaixo a nota relacionada a cada nível
Nível 0 Nota 0
Nível 1 Nota 40
Nível 2 Nota 80
Nível 3 Nota 120
Nível 4 Nota 160
Nível 5 Nota 200


  • Facebook Brasil Escola
  • Instagram Brasil Escola
  • Twitter Brasil Escola
  • Youtube Brasil Escola
  • RSS Brasil Escola
BANCO DE REDAÇÕES

Elabore sua redação com o tema atual e as publique aqui no banco de redações

Tema

PESQUISA DE FACULDADES