Topo
pesquisar
Em 26/10/2015 17h34, atualizado em 28/10/2015 09h04

Tema da redação do Enem 2015 foi abordado no Banco de Redações em julho

Notícias

Mais de 5,7 milhões de pessoas tiveram que escrever sobre a violência contra a mulher na sociedade Por Adriano Lesme
PUBLICIDADE

Os estudantes que participaram em julho do Banco de Redações do Brasil Escola não tiveram dificuldade para escrever a redação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2015. Isso porque o tema foi o mesmo: a persistência da violência contra a mulher. 

O que você achou do tema da redação do Enem 2015?

O Banco de Redações foi criado com a intenção de auxiliar os vestibulandos e, principalmente, participantes do Enem a aprimorarem sua escrita e corrigir erros até as provas. Os temas do Banco de Redações costumam ser polêmicos e atuais, pois essas características também estão presentes nos temas do Enem. Nesse ano, acertamos em cheio!

O tema da redação do Enem 2015 foi: “A persistência da violência contra a mulher na sociedade brasileira”. A proposta tinha quatro textos de apoio. O primeiro mostrava o número de assassinatos de mulheres nos últimos 30 anos, o segundo era um gráfico com os tipos de violência relatados pelas mulheres, o terceiro era uma ilustração com os dizeres “Feminicídio Basta”, enquanto o último trazia dados do impacto que a Lei Maria da Penha causou.

Já o tema do Banco de Redações de julho foi: “Violência contra a mulher: por que o machismo persiste?”. A proposta apresentava números recentes de estupro, agressões e assassinatos de mulheres no Brasil, além da questão dos menores salários de mulheres em relação aos homens no mesmo cargo e a pouca representatividade feminina na política.

Entre os 150 textos enviados em julho para o Banco de Redações, dois receberam nota máxima. Um deles foi elaborado pela estudante Laryssa Rangel, de 18 anos, moradora de Niterói/RJ. Laryssa disse que aproveitou no Enem alguns argumentos defendidos no texto do Banco de Redações. "Eu estudo em tempo integral e a minha escola foca mais no curso técnico do que em vestibulares. Não tínhamos a frequência de fazer redações e o Brasil Escola ajudou na minha preparação. Recomendei aos meus amigos e todos acharam uma boa iniciativa - comentou Laryssa, que fez o Enem para tentar uma vaga no curso de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

Especialistas elogiam tema

De acordo com Célio Tasinafo, diretor pedagógico do Colégio Oficina do Estudante, o tema é de extrema relevância para o Brasil. “Um assunto que interessa, obviamente, não apenas às mulheres, mas a todos os que prezam por uma sociedade de igualdade de gêneros, por uma sociedade de justiça e, portanto, por um Brasil mais digno”.

A corretora de redações do Brasil Escola, Ana Carolina Castro, afirma que o tema é bastante atual e pertinente. “Diante das estatísticas que revelam a persistência de um alto índice de violência contra a mulher, ainda que movimentos feministas estejam em expansão, é primordial discutir a questão para que se combata este tipo de violência. Colocar os jovens para conhecer esses dados e pensar sobre o assunto é um passo importante na busca de soluções para este problema, e é essa a expectativa que uma sociedade tem da educação: fazer refletir em busca de melhorias para todos os seus membros, aí incluso a dignidade humana e o respeito."

Por Adriano Lesme

PUBLICIDADE
BANCO DE REDAÇÕES

Elabore sua redação com o tema atual e as publique aqui no banco de redações

Tema

PESQUISA DE FACULDADES
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Enem Brasil Escola