Whatsapp
Em 29/03/2008 10h28 , atualizado em 29/03/2008 10h30

Proposta quer reforma da língua portuguesa em vigência a partir de 2009

Notícias

Por Camila Mitye
PUBLICIDADE

A Comissão para Definição da Política de Ensino-Aprendizagem, Pesquisa e Promoção da Língua Portuguesa – Colip – lançou essa semana proposta para que a reforma ortográfica da língua portuguesa comece a ser implantada no Brasil a partir do primeiro dia do ano de 2009.

A reforma ortográfica traz o fim de algumas regras da língua portuguesa como a trema e a acentuação de algumas palavras (como assembléia, herói e vôo). Esta reforma faz parte dos planos de um acordo ortográfico firmado entre os países de língua portuguesa em 1991, por meio da CPLP (Comunidade dos Países de Língua Portuguesa).

A proposta tem de ser submetida ainda à avaliação do ministro da Educação, Fernando Haddad, dos ministros da Cultura e das Relações Exteriores e da Presidência da República.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Vestibular

Segundo a proposta, seriam necessários três anos para a transição da ortografia atual para a prevista pela reforma e, durante esse período, os dois modelos vigorariam. De acordo com a Colip, essas mudanças só chegariam a livros didáticos, provas de concursos e vestibulares a partir de 31 de dezembro de 2011.

Já o MEC mandou comunicado às editoras de livros didáticos exigindo a adptação às mudanças ortográficas a partir do ano de 2010.

Por Camila Mitye

  • Facebook Brasil Escola
  • Instagram Brasil Escola
  • Twitter Brasil Escola
  • Youtube Brasil Escola
  • RSS Brasil Escola
BANCO DE REDAÇÕES

Elabore sua redação com o tema atual e as publique aqui no banco de redações

Tema

PESQUISA DE FACULDADES