Topo
pesquisar
Em 10/05/2016 17h14

Desenvolvedor Mobile

Guia de Profissões

om o mercado relativamente novo, as empresas ainda encontram dificuldade na hora de contratar profissionais qualificados em desenvolvimento mobile. Por Letícia de Oliveira Januário
A busca por desenvolvedores cresceu com o aumento da utilização da internet em aparelhos móveis.
A busca por desenvolvedores cresceu com o aumento da utilização da internet em aparelhos móveis.
PUBLICIDADE

Desde o surgimento da internet, o setor de Tecnologia da Informação sofre com o deficit de profissionais qualificados. Nesse nicho constantemente novas demandas são criadas, como é o caso do profissional em Desenvolvimento Mobile, que é o responsável pela elaboração de websites portáteis, cada vez mais interativos e acessíveis, que se adaptam a dispositivos e a plataformas móveis como smartphones e Tablets.

A formação técnica em Desenvolvimento Mobile tem duração média de 460 horas. Durante esse período, o aluno é condicionado a situações reais de trabalho por meio de matérias como Ambientação Tecnológica e Empreendedorismo, Informática, Desenvolvimento de Front End, Desenvolvimento de Mobile, E-Commerce, Arquitetura da Informação, Linguagem de Programação e Usabilidade. 

Mesmo com o mercado de TI aquecido, algumas empresas ainda encontram dificuldade na hora de contratar bons profissionais. Pensando em modificar esse quadro, normalmente, as organizações empregam pessoas com algum conhecimento em desenvolvimento de sistemas para capacitá-las internamente para o desenvolvimento de aplicativos móveis. Por essa razão, existem instituições que preferem terceirizar projetos, contratando empresas de outros países, como China e Índia. 

Para não perder espaço no mercado, os Desenvolvedores precisam ficar atentos aos requisitos cobrados, como dominar ferramentas de produção gráfica, animação, multimídia e gerenciamento de projetos de comércio eletrônico, isso tudo levando em consideração os preceitos éticos e mercadológicos da profissão. É necessário ainda conhecimento em Banco de Dados, além de linguagens .NET e JAVA, J2ME e Objective (iOS).

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Os profissionais que preferirem uma formação superior têm a opção de cursar o bacharelado em Ciência da Computação. Nesse curso, o aluno é capacitado para analisar as necessidades dos usuários, gerenciar equipes e criar e fornecer manutenção em sistemas de computação, além de estar apto a desenvolver os mais diversos softwares.

Mercado

Nos últimos anos, a busca por esse tipo de profissional acompanhou a evolução do mercado, uma vez que é cada vez mais frequente a utilização da internet em aparelhos móveis, sobretudo com a popularização da internet 4G. Somente em 2013, o uso de aplicativos móveis cresceu 115%, segundo a empresa de pesquisa Flurry Analytics. Com o mercado aquecido, é possível que o profissional encontre boas oportunidades em startups, empresas de tecnologia que buscam se destacar por meio da oferta de mobilidade, como os aplicativos (apps).

A remuneração para o Técnico em Desenvolvedor Mobile pode variar entre R$ 180 a R$ 220 por hora, no caso de freelancer, ou R$ 2 mil mensais para quem está começando na profissão. Há também possibilidades de trabalhar com projetos que podem custar entre R$ 20 mil e R$ 60 mil, mas esses valores podem aumentar de acordo com as empresas que contratam e com o desenvolvimento de projetos maiores. 

BANCO DE REDAÇÕES

Elabore sua redação com o tema atual e as publique aqui no banco de redações

Tema

PESQUISA DE FACULDADES
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Educador Brasil Escola