Whatsapp
Em 26/05/2022 13h24 , atualizado em 26/05/2022 13h58

ProUni: Presidente sanciona lei para incluir não bolsistas de escolas particulares

Notícias

Agora, estudantes de escolas particulares, pagantes ou bolsistas parciais, também podem participar do programa do MEC Por Silvia Tancredi
PUBLICIDADE

O presidente, Jair Bolsonaro, sancionou nesta quinta-feira, 26 de maio, a Medida Provisória (MP) que mudava as regras do Programa Universidade para Todos (ProUni) transformando-a na Lei nº 14.350. Com isso, estudantes de escolas particulares, pagantes ou bolsistas parciais, efetivamente também podem participar do programa do Ministério da Educação (MEC).

Confira a Lei nº 14.350 que muda o ProUni

A Medida Provisória nº 1.075/2021, assinada por Bolsonaro, foi publicada no dia 7 de dezembro de 2021 no Diário Oficial da União (DOU). Em seguida, a MP passou por votação na Câmara no dia 19 de abril. No dia 27 do mesmo mês, passou pelo Senado. 

Desde que foi criado em 2004, o ProUni oferece bolsas de estudo em instituições de ensino particulares a estudantes que comprovem ter estudado na rede pública de ensino e que possuem baixa renda.

Com a Lei que alterou o ProUni, alunos da rede pública e bolsistas integrais dividirão espaço com quem teve condições de pagar as mensalidades do ensino médio. A mudança passa a valer a partir do dia 16 de julho.

Exigência de renda

Mesmo com a nova Lei que altera a escolaridade, os valores da renda familiar exigidos para participar do ProUni seguem os mesmos. Confira abaixo:

  • Bolsa Integral: renda familiar per capita mensal de até um salário mínimo e meio.

  • Bolsa Parcial: renda familiar per capita de até três salários mínimos têm direito ao desconto de 50% nas mensalidades.

Vale lembrar que pessoas com deficiência e professores da rede pública de ensino continuam podendo participar do ProUni, independente do critério de renda.

Prioridade de bolsas no ProUni

Conforme a Lei nº 14.350, agora a prioridade de ocupação das vagas do ProUni deve seguir a seguinte ordem:

  1. Professor da rede pública de ensino, para os cursos de licenciatura, normal superior e pedagogia destinados à formação do magistério da educação básica, independentemente da renda;

  2. Estudante que cursou o ensino médio completo em escola da rede pública;

  3. Estudante cursou o ensino médio parcialmente em escola da rede pública e parcialmente em instituição privada, na condição de bolsista integral da respectiva instituição;

  4. Estudante que cursou o ensino médio parcialmente em escola da rede pública e parcialmente em instituição privada, na condição de bolsista parcial da respectiva instituição ou sem a condição de bolsista;

  5. Estudante que cursou o ensino médio completo em instituição privada, na condição de bolsista integral da respectiva instituição;

  6. Estudante que cursou o ensino médio completo em instituição privada, na condição de bolsista parcial da respectiva instituição ou sem a condição de bolsista.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

ProUni e Enem

O principal critério de seleção no ProUni é a pontuação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) mais recente. É preciso ter média de 450 pontos nas provas e não zerar a redação para poder se inscrever. 

Confira a relação entre o Enem e o ProUni

O ProUni é voltado somente para quem não tem curso superior concluído. No entanto, estudantes que estejam com a graduação em curso e tenham feito o último Enem podem tentar bolsa. 

Relacionados
Estudantes de escolas particulares, pagantes ou bolsistas parciais, poderão se inscrever no ProUni. Decisão foi assinada pelo presidente Jair Bolsonaro.
A PEC que propõe cobrança de mensalidade em universidades públicas entrará em discussão na Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ), da Câmara dos Deputados.
Os estudantes poderão usar as notas do Enem 2020 no ProUni 2022/1. Inscrições serão recebidas de 22 a 25 de fevereiro. Oferta é de 273.001 bolsas de estudos.
Presidente Bolsonaro liberou o acesso de estudantes de escolas privadas que estudaram sem bolsa de estudos integral no ProUni. A decisão tem dividido opiniões favoráveis e contra.
  • Facebook Brasil Escola
  • Instagram Brasil Escola
  • Twitter Brasil Escola
  • Youtube Brasil Escola
  • RSS Brasil Escola
BANCO DE REDAÇÕES

Elabore sua redação com o tema atual e as publique aqui no banco de redações

Tema

PESQUISA DE FACULDADES