Não passei no Sisu 2024, e agora?

Há alternativas para quem não conquistou a aprovação ainda
Em 01/02/2024 07h32 Por Tiago Vechi

Mulher está cercada de setas apontando em diferentes posições e olha com dúvida para cima
A lista de espera do Sisu irá redistribuir as vagas não ocupadas para alunos não aprovados
Crédito da Imagem: Canva
Imprimir
Texto:
A+
A-
PUBLICIDADE

Você não passou na chamada regular do Sisu 2024? Calma, preparamos um texto com dicas para pessoas que se encontram na mesma situação que a sua.

Confira!

Lista de espera Sisu 2024

A lista de espera do Sisu funciona como uma segunda chance para aqueles participantes que não foram aprovados na chamada regular. No período de realização de matrícula, há candidatos aprovados que desistem das suas vagas, optam por outros cursos, entre outras razões responsáveis por fazer com que vagas com "dono" fiquem disponíveis para outros participantes.

A manifestação de interesse na lista de espera pode ser feita desde o dia que o resultado do Sisu 2024 foi publicado, no Portal Único. Só pode se inscrever na lista de espera quem não foi aprovado em nenhumas das opções escolhidas na hora da inscrição

As listas de espera são divulgados nos próprios canais de comunicação oficiais das universidades participantes do Sisu. Por isso, é necessário ter atenção e acompanhar o site da Instituição a qual você deseja entrar.

Outra dica importante é você olhar as listas de esperas de três anos para cá. Isso para você saber quais são as suas chances de ingresso. Lembre-se que as listas das edições anteriores servem apenas como parâmetro, pois as notas de corte podem variar bastante de um ano para o outro.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Bolsas do Prouni 2024

Além da estrutura e do respaldo das universidades federais, um grande atrativo para estudar nestas instituições é a ausência de mensalidades. Mas, também é possível estudar em universidades particulares e não pagar mensalidade, ou, pelo menos, pagar apenas metade. 

Isso é possível de ser feito a partir da sua participação no Prouni, neste programa são concedidas bolsas de estudo parciais (50%) e integrais (100%). Para ter direito às bolsas é necessário:

  • Alcançar a 450 pontos de média nas provas do Enem

  • Não zerar a redação

  • Para bolsas integrais: apenas integrantes de famílias com renda por pessoa de até 1,5 salários-mínimos.

  • Para bolsas parciais: apenas integrantes de famílias com renda por pessoa de até 3 salários-mínimos

Além destes, é preciso atender pelo menos um dos seguintes requisitos:

  • Ter sido aluno da rede pública de ensino ou cursado como bolsista em instituições privadas.

  • Ser professor da rede pública

  • Ser pessoa com deficiência