Topo
pesquisar
Em 15/07/2014 14h30, atualizado em 28/07/2014 10h01

Funções da linguagem no Enem

Enem

Tema recorrente, as funções da linguagem no Enem destacam os elementos da comunicação e as intenções do emissor no momento do discurso. Por Luana Castro Alves Perez
São seis as funções da linguagem: conativa, emotiva, metalinguística, fática, poética e referencial
São seis as funções da linguagem: conativa, emotiva, metalinguística, fática, poética e referencial
PUBLICIDADE

Você sabia que funções da linguagem é um dos temas mais abordados na prova de Linguagens e Códigos do Exame Nacional do Ensino Médio? Conhecer os elementos da comunicação é essencial para o candidato fazer uma boa prova. Pensando nisso, o Vestibular Brasil Escola traz mais uma dica para você garantir sua vaga na universidade: Funções da linguagem no Enem.

O candidato deve estar atento aos elementos da comunicação, como emissor, receptor, mensagem, código, canal e contexto. Observe as definições:

Emissor: quem emite a mensagem;
Receptor: quem recebe a mensagem;
Mensagem: conjunto de informações transmitidas;
Código: combinação de signos utilizados na transmissão de uma mensagem, que só serão compreendidos se o receptor souber decodificá-la;
Canal de comunicação: por onde a mensagem é transmitida;
Contexto: também conhecido como referente, é a situação a que a mensagem se refere. 

Visto esses elementos, é importante ficar por dentro das funções da linguagem, que dizem respeito às intenções do emissor no momento da emissão da mensagem. São elas:

→ Função Conativa
→ Função Emotiva
Função Metalinguística
→ Função Fática
Função Poética
→ Função referencial

Conhecer as funções da linguagem auxilia-nos na compreensão daquilo que foi dito. Veja só como o tema é cobrado na prova de Linguagens e Códigos:

EXERCÍCIO RESOLVIDO - ENEM

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Desabafo 

Desculpem-me, mas não dá pra fazer uma cronicazinha divertida hoje. Simplesmente não dá. Não tem como disfarçar: esta é uma típica manhã de segunda-feira. A começar pela luz acesa da sala que esqueci ontem à noite. Seis recados para serem respondidos na secretária eletrônica. Recados chatos. Contas para pagar que venceram ontem. Estou nervoso. Estou zangado.

CARNEIRO, J. E. Veja, 11 set. 2002 (fragmento). 

Nos textos em geral, é comum a manifestação simultânea de várias funções da linguagem, com o predomínio, entretanto, de uma sobre as outras. No fragmento da crônica Desabafo, a função da linguagem predominante é a emotiva ou expressiva, pois 
 
a) o discurso do enunciador tem como foco o próprio código. 
b) a atitude do enunciador se sobrepõe àquilo que está sendo dito. 
c) o interlocutor é o foco do enunciador na construção da mensagem. 
d) o referente é o elemento que se sobressai em detrimento dos demais. 
e) o enunciador tem como objetivo principal a manutenção da comunicação. 

Comentário da questão: É possível observar que a atitude do enunciador sobrepõe-se àquilo que está sendo dito, com predominância da função emotiva da linguagem, já que a mensagem está voltada para aspectos subjetivos do enunciador.    

Resolução da questão: Alternativa “b”. 

BANCO DE REDAÇÕES

Elabore sua redação com o tema atual e as publique aqui no banco de redações

Tema

PESQUISA DE FACULDADES
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Enem Brasil Escola