Whatsapp

REALIDADE A SER SUPERADA

Banco de Redações

Tema: Violência contra a mulher: por que o machismo persiste?

Redação enviada em 04/07/2015

PUBLICIDADE

A vida social depende de comportamentos entre indivíduos no viver em grupo. Esses comportamentos variam conforme diversos fatores, como classe social, credo religioso e(,) principalmente(,) sexo. Mulheres e homens, ao longo da história(,) desempenham papéis sociais muito diferentes. Dessa forma, um tema que tem sido discutido na contemporaneidade é a violência contra mulher(,) e isso requere uma maior compreensão.

Dados divulgados pelo IPEA revelam números assustadores. Estima-se que a cada ano, 469 mil mulheres são agredidas no Brasil, e a maioria dos agressores é do sexo masculino. Além disso, mais da metade das vítimas são menores, 46% não possuía o ensino fundamental completo, 51% eram de cor parda. Tais dados são alarmantes, uma vez que as consequências em termos físicos e psicológicos são devastadores, já que estes atos bárbaros ocassionam inúmeras vicissitudes nos relacionamentos sociais dessas mulheres. 

Esta triste realidade pode ser compreendia se analisarmos as diferenças entre homens e mulheres ao longo dos séculos pelos mais diferentes povos. O modelo familiar adotado na cultura ocidental, por exemplo, associaram a figura do homem como chefe responsável pelo sustento do lar e a figura feminina a uma ideia de fragilidade maior, que a colocasse em uma total situção de dependência ao homem, dando origem aos moldes de uma cultura patriarcalista e machista.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Porém, esses padrões dominantes foi foram sendo modificados graças as às conquistas obtidas pelas mulheres como a participação no mercado de trabalho, liberdade de expressão e maior autonomia, mas as disparidades de gênero perduram e(,) infelizmente, as notificações de agressões aumentam a cada ano, embora a Lei Maria da Penha, signifique um avanço na luta pela defesa da integridade da mulher. 

Por tudo isso, é preciso combater qualquer forma de violência contra a figura feminina. Para isso, é preciso que as mulheres denunciem o agressor as às instâncias do Judiciário(,) e estes devem fornecer um atendimento especializado, com uma escuta mais humanizada e que apresente soluções viáveis e medidas protetivas para as vítimas. 

 

Comentários do corretor


Atenção à pontuação, ao emprego da crase, à grafia correta das palavras e à concordância de número (singular e plural).

Bom texto. Aborda o tema proposto de forma clara, objetiva, crítica, coerente com o ponto de vista defendido e com bom aproveitamento de dados e informações sobre o assunto.

Continue exercitando sua escrita.


Competências avaliadas


Item Nota
Adequação ao Tema Avalia se o texto consegue explorar as possibilidades de ideias que o tema favorece. Como no vestibular, a redação que foge ao tema é zerada. 2.0
Adequação e Leitura Crítica da Coletânea Avalia se o texto consegue perceber os pressupostos da coletânea, assim como fazer relação entre os pontos de vista apresentados e outras fontes de referência. 1.5
Adequação ao Gênero Textual Avalia se o texto emprega de forma adequada as características do gênero textual e se consegue utilizá-las de forma consciente e enriquecedora a serviço do projeto de texto. 2.0
Adequação à modalidade padrão da língua Avalia se o texto possui competência na modalidade escrita. Dessa forma, verifica o domínio morfológico, sintético, semântico e ortográfico. 1.0
Coesão e Coerência Avalia se o texto possui domínio dos processos de predicação, construção frasal, paragrafação e vocabulário. Além da correta utilização dos sinais de pontuação e dos elementos de articulação textual. 2.0
NOTA FINAL: 8.5


Saiba como é feito a classificação da notas
0.0 - Ruim 0.5 - Fraco 1.0 - Bom 1.5 - Muito bom 2.0 - Excelente


  • Facebook Brasil Escola
  • Instagram Brasil Escola
  • Twitter Brasil Escola
  • Youtube Brasil Escola
  • RSS Brasil Escola
BANCO DE REDAÇÕES

Elabore sua redação com o tema atual e as publique aqui no banco de redações

Tema

PESQUISA DE FACULDADES