Whatsapp

Machismo, um comportamento infundado

Banco de Redações

Tema: Violência contra a mulher: por que o machismo persiste?

Redação enviada em 17/07/2015

PUBLICIDADE

Rosa Parks iniciou a sequência de fatos que levaram ao fim da segregação racial nos ônibus dos Estados Unidos, e Dilma conquistou a posição de presidente brasileira, além de ser considerada, segundo a Forbes, uma das mulheres mais influentes do mundo. Estes são exemplos de mulheres que contribuíram para o avanço, mas, de forma contraditória, nota-se o abuso físico – com, na maioria dos casos, consequências psicológicas na maioria dos casos – e um machismo velado. Nesse sentido, questiona-se os motivos de sua persistência.

Em primeiro plano, a análise histórica é necessária. Na Grécia Antiga, por exemplo, berço da democracia, não havia o direito ao voto para mulheres, e, na Idade Média, várias foram alvos de abusos sexuais e impossibilitadas de exercerem diversas funções. Infere-se, então, que, historicamente, são vistas como o sexo frágil e desprovidas de direitos básicos, mesmo existindo casos notáveis – como o de Joana D’arc. 

Em segundo lugar, observa-se que um dos principais argumentos utilizados para justificar os abusos é o comportamento e a escolha de vestimentas. É importante destacar, no entanto, que tal argumento torna-se inválido devido ao paradigma criado em relação à adequação aos direitos, porque a liberdade, sem que cause danos aos outros, é constitucional. Mesmo em relação à ética filosófica, a contradição continua pela falta de suposições que corroborem com a inadequação ao seguimento do bem geral.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Fica claro, portanto, que algo deve ser feito para, pelo menos, diminuir o mal causado às mulheres. Ong’s e a população podem exigir da mídia, por tratar-se de um meio influente e de grande amplitude, que divulguem através de documentários ou propagandas o destaque da mulher, seus direitos e formas de denúncia. Aliado à a isso, existe a possibilidade de colocar, na grade escolar, matérias acerca das mulheres para, assim, desconstruir preconceitos desde a infância e, talvez, conseguir diminuir a incidência de casos em relação à violência a mulher. 

Comentários do corretor


Atenção à pontuação, ao emprego da crase, à concordâncias de número (singular e plural) e à grafia correta das palavras.

O texto aborda o tema proposto de forma clara, objetiva, coerente com o ponto de vista defendido e crítica. No entanto, é possível explorar melhor informações e dados atuais sobre o assunto.

Continue exercitando sua escrita.


Competências avaliadas


Item Nota
Adequação ao Tema Avalia se o texto consegue explorar as possibilidades de ideias que o tema favorece. Como no vestibular, a redação que foge ao tema é zerada. 2.0
Adequação e Leitura Crítica da Coletânea Avalia se o texto consegue perceber os pressupostos da coletânea, assim como fazer relação entre os pontos de vista apresentados e outras fontes de referência. 1.5
Adequação ao Gênero Textual Avalia se o texto emprega de forma adequada as características do gênero textual e se consegue utilizá-las de forma consciente e enriquecedora a serviço do projeto de texto. 2.0
Adequação à modalidade padrão da língua Avalia se o texto possui competência na modalidade escrita. Dessa forma, verifica o domínio morfológico, sintético, semântico e ortográfico. 1.0
Coesão e Coerência Avalia se o texto possui domínio dos processos de predicação, construção frasal, paragrafação e vocabulário. Além da correta utilização dos sinais de pontuação e dos elementos de articulação textual. 2.0
NOTA FINAL: 8.5


Saiba como é feito a classificação da notas
0.0 - Ruim 0.5 - Fraco 1.0 - Bom 1.5 - Muito bom 2.0 - Excelente


  • Facebook Brasil Escola
  • Instagram Brasil Escola
  • Twitter Brasil Escola
  • Youtube Brasil Escola
  • RSS Brasil Escola
BANCO DE REDAÇÕES

Elabore sua redação com o tema atual e as publique aqui no banco de redações

Tema

PESQUISA DE FACULDADES