Whatsapp
Em 18/11/2016 11h46

O que significa ser transfer student?

Estudar no Exterior

Estudantes que já estão cursando graduação no Brasil podem se transferir para faculdades de outros países. Por Hotcourses Brasil
Crédito da Imagem: Hotcourses Brasil
PUBLICIDADE

Existe um processo de seleção no exterior que é diferente do tradicional. Se você já estiver cursando uma graduação no Brasil, talvez possa se qualificar como um transfer student ou transfer applicant; ou seja, um estudante/candidato de transferência. E o que isso significa?

O site da University of Missouri (Mizzou), por exemplo, define Transfer Student como estudante interessado em um diploma acadêmico que:

  • Tenha recebido um diploma do ensino médio ou certificado equivalente;
  • Tenha concluído uma grade curricular durante uma sessão regular em uma faculdade ou universidade.

Portanto, seria conseguir se transferir de uma instituição de ensino superior para outra para concluir a graduação em outra universidade. A transferência pode ser de uma brasileira para uma de qualquer outro destino de estudo, ou até mesmo entre instituições do mesmo país; e também de uma faculdade comunitária para uma universidade.

Critérios para a transferência

Além de todo o processo de seleção, o estudante de transferência também precisa preencher alguns requisitos de admissão adicionais, que são um pouco diferentes da seleção diretamente do ensino médio.

O estudante precisará comprovar um GPA mínimo acumulativo, atender aos critérios de admissão da universidade para uma graduação e/ou comprovar já ter cursado certos créditos acadêmicos do bacharelado. Cada universidade estipula requisitos diferentes, como o GPA mínimo, o número de créditos acadêmicos concluídos e quais disciplinas o estudante já deve ter cursado. Por isso, é essencial visitar o site oficial da universidade para saber como se inscrever como estudante de transferência.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Para estudantes estrangeiros, normalmente há também a exigência da tradução dos documentos obrigatórios para o inglês e também a avaliação oficial da grade curricular realizada por uma agência autorizada a analisar a equivalência de diplomas estrangeiros, como a WES e a NACES.

A University of Central Florida (UCF), por exemplo, em seu site oficial, informa que os critérios de admissão variam de acordo com o número total de horas semestrais transferíveis da grade curricular que você já tiver cursado no momento que for fazer a inscrição de transferência para a UCF. O site tem páginas específicas de orientações para quem tiver menos de 30; 30 ou mais; e 60 ou mais horas semestrais transferíveis.

A Mizzou tem, inclusive, uma ferramenta chamada Transferology para ajudar os estudantes a explorarem as opções de transferência universitária. Por ela, você pode analisar as equivalências de grades curriculares e simular uma avaliação do seu diploma acadêmico.

A inscrição

Procure pelas páginas de Transfer, Transfer Students ou Transfer Applicants nos sites oficiais das universidades estrangeiras. É nela que você encontrará todas as informações, requisitos e passo a passo para a inscrição, inclusive formulários e também ferramentas como a da Mizzou, que ajudam a entender se você se qualifica para a transferência no exterior.

Artigos Relacionados
Faculdades Comunitárias oferecem cursos de dois anos de duração por preços mais acessíveis.
Programa tem como objetivo facilitar o acesso ao ensino superior e diminuir a falta de mão-de-obra capacitada no EUA.
Países como os Estados Unidos usam o sistema para calcular a média de todas as notas do estudante.
  • Facebook Brasil Escola
  • Instagram Brasil Escola
  • Twitter Brasil Escola
  • Youtube Brasil Escola
  • RSS Brasil Escola
BANCO DE REDAÇÕES

Elabore sua redação com o tema atual e as publique aqui no banco de redações

Tema

PESQUISA DE FACULDADES