Whatsapp
Em 22/05/2013 10h50 , atualizado em 22/05/2013 10h56

DPU entra com ação para Inep aceitar recursos contra a redação do Enem

Notícias

Pedido é para que um instrumento que permita o recurso seja criado antes do SiSU. Por Dayse Luan
PUBLICIDADE

A Defensoria Pública da União (DPU), no Rio de Janeiro, ajuizou uma ação civil pública (ACP) na última segunda-feira, 20 de maio, para que sejam aceitos recursos contra a correção das redações do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

Na ação é exigido que o Ministério da Educação (MEC) e o Instituto Nacional de Educação e Pesquisa Anísio Teixeira (Inep), responsáveis pelo exame, criem um mecanismo para que os candidatos possam recorrer da nota.

De acordo com a ACP, tal instrumento deverá ser criado antes da abertura das inscrições do Sistema de Seleção Unificada (SiSU) edição 2014/1. A ação está na 4ª Vara Federal, o autor é o defensor público federal Daniel Macedo.

Segundo ele, falta transparência no sistema e da maneira como a correção é feita atualmente, não há condições de se garantir ou assegurar uma correção de qualidade ou minimamente uniforme, assim como uma avaliação satisfatória.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Em nota, o Inep comunicou que ainda não foi notificado da ação, mas quando isso ocorrer entrará com recurso. A DPU criou um endereço eletrônico para receber denúncias e reclamações referentes às provas do Enem: enem@dpu.gov.br

Histórico

Cerca de 30 candidatos recorreram à Justiça para obter a reavaliação da nota da redação do Enem 2012, mas nenhum conseguiu. Em 2011, um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) foi assinado, entre o Ministério Público Federal, o MEC e o Inep, para permitir a visualização das redações corrigidas a partir da última edição.

Até às 18h15 de ontem, 21 de maio, foram recebidas 3.912.719 inscrições para o Enem 2013. São Paulo é o estado com o maior número de inscritos, são 623.549. Em segundo lugar está Minas Gerais, com 419.851 candidatos. Confira as inscrições por estado.

Por Dayse Luan
Com informações da Agência Brasil

Relacionados
Saiba passo a passo como utilizar o Sistema de Seleção Unificada (SiSU) 2021, como funciona, as datas, notas de corte, resultado, chamadas e lista de espera.
Lentidão de ontem na página de inscrições pode ter sido causada por hackers.
Prazo termina no dia 27 de maio e a taxa de R$ 35 deve ser paga até o dia 29.
Mais de 5 milhões de pessoas já se inscreveram no exame; inscrições até dia 27.
Recorde de inscritos da edição do ano passado foi superado na manhã de hoje.
  • Facebook Brasil Escola
  • Instagram Brasil Escola
  • Twitter Brasil Escola
  • Youtube Brasil Escola
  • RSS Brasil Escola
BANCO DE REDAÇÕES

Elabore sua redação com o tema atual e as publique aqui no banco de redações

Tema

PESQUISA DE FACULDADES