Topo
pesquisar
Em 22/09/2014 08h56, atualizado em 22/09/2014 08h59

Engenharia Acústica

Guia de Profissões

O Engenheiro Acústico pode atuar tanto em pesquisas quanto no desenvolvimento de produtos com melhor vibroacústica como secadores e aparelhos eletrônicos. Por Letícia de Oliveira Januário
O primeiro curso de Engenharia Acústica do país foi criado em 2009 pela UFSM
O primeiro curso de Engenharia Acústica do país foi criado em 2009 pela UFSM
PUBLICIDADE

O conforto acústico é uma das condições essenciais para o bem estar e a qualidade da vida humana. A repetição de alguns ruídos pode ser responsável pela nossa falta de concentração, perda de produtividade, cansaço e irritabilidade. Em casos extremos, a exposição constante a um ruído pode causar estresse e até mesmo a perda auditiva.

Pensando na carência do mercado por profissionais que pudessem atuar no desenvolvimento acústico em inúmeros ambientes aos quais nós somos expostos o tempo todo, a Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) criou, em 2009, o primeiro curso de Engenharia Acústica do país. O egresso do curso estará apto para atuar nas áreas de eletroacústica, controle de ruídos e de vibrações, na acústica musical, acústica de salas, psicoacústica, qualidade sonora, ruído ambiental, áudio profissional e materiais acústicos.

A graduação em Engenharia Acústica tem duração de 5 anos. Nos dois primeiros períodos o aluno é condicionado a matérias relacionadas com a base de todo curso de engenharia como Cálculo, Física Geral e Experimental, Álgebra Linear, Noções de Geometria Descritiva e Noções de Química. Do terceiro ao décimo semestre as disciplinas são mais especificas como Música para Engenharia Acústica, Fundamentos da Acústica, Acústica Ambiental, Acústica de salas, Fundamentos das Vibrações, Acústicas nas Edificações, Psicoacústica e Eletroacústicas, por exemplo. Há também matérias gerais como Empreendedorismo e História e Cultura Afro-Brasileira.

Oportunidades

O mercado de trabalho para o graduado é amplo. Além de poder atuar no segmento de pequisas que buscam o conforto acústico na construção civil, o profissional encontra portas abertas também na área industrial, atuando no desenvolvimento máquinas e equipamentos, bem como a montagem de dutos de ventilação e transportes de fluxos que geram vibração estrutural e ruído. O especialista pode, ainda, trabalhar na melhoria vibroacústica de veículos e em outros produtos como secadores de cabelo, máquinas de lavar, eletroeletrônicos e aparelhos de informática.

Duração: 5 anos

Instituição de Ensino

Região Sul

Rio Grande do Sul: UFSM

 

PUBLICIDADE
BANCO DE REDAÇÕES

Elabore sua redação com o tema atual e as publique aqui no banco de redações

Tema

PESQUISA DE FACULDADES
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Educador Brasil Escola