Topo
pesquisar
Em 27/10/2009 10h06, atualizado em 30/11/-0001 00h00

Peterson Santos

Diário de Universitário

Por Wanessa de Almeida
PUBLICIDADE

Meu Nome é Peterson Santos Duarte, graduando em Ciência da Computação na Universidade Federal de Itajubá, Minas Gerais. Faço parte de uma das equipes finalistas do concurso Arena Info 2009, na área de tecnologia da informação e gostaria de compartilhar um pouco da minha experiência antes de ingressar na universidade.

A maioria dos estudantes saem do ensino médio sem base sólida para ingressar em uma instituição de ensino superior e precisam recorrer a um cursinho pré-vestibular para suprir essa carência. O meu caso não foi diferente.

Então, como tinha o sonho de cursar uma universidade e residindo em uma cidade que possui uma das melhores universidades federais do brasil, resolvi “correr atrás” do prejuizo.

Foi quando me apresentaram ao curso pré-vestibular comunitário Prevest.com. Me impressionei ao saber que o cursinho era ministrado em sua maioria por professores da própria UNIFEI e outros colaboradores, que faziam e fazem esse trabalho de forma voluntária.

Minha passagem pelo Prevest foi de grande importância pois proporcionou acumular conhecimento e ter condições de ingressar na universidade.

Em 2007, meu sonho se realizou. Ingressei na Unifei, onde curso atualmente o 6º período de Ciência da Computação e só tenho a agradecer a todos que me auxiliaram a alcançar esse objetivo. Primeiramente a Deus e a minha família que sempre me apoiou e depois ao Prevest que foi parte muito importante nessa caminhada. Aos professores e colaboradores do cursinho ficam os meus agradecimentos e a certeza de que o trabalho bem feito é sempre recompensado.

Agradeço também aos colegas da equipe Sigea, Renato Fabbri Aumiller João Rafael da Silva dos Santos e Douglas Antonio Bernardes que contribuíram para esse momento, de chegar à final de um concurso tão siginificativo. O mérito é de vocês.

A Universidade Federal de Itajubá é referência não só para estudantes do sul de minas, mas também para muitos outros estudantes oriundos de outros Estados brasileiros. Isso porque quem se forma na UNIFEI é diferenciado e encontra muitas oportunidades no mercado de trabalho.

A universidade conta com dois campi, o primeiro em Itajubá e um inaugurado recentemente na cidade de Itabira. Em conjunto, são 17 cursos presenciais e mais nove são previstos para 2010.

Os professores são, na sua maioria, doutores cujo grau de capacitação para ministrar as aulas é excelente. Temos aulas teóricas que nos dão base de cálculo e capacidade de raciocínio lógico e aulas práticas nos vários laboratórios espalhados pelo instituto de ciências exatas, unidade acadêmica da qual faz parte o curso de Ciência da Computação, que foi a minha escolha.

Para os alunos, são disponibilizados vários grupos de desenvolvimento, estimulando a atividade empreendedora e simulando o futuro mercado de trabalho. São os casos do Cacomp, Unifei Júnior, plataformas de pré-incubação de empresas e muitas outras opções para o aluno interessado em fazer a diferença.

O Cacomp, Centro Acadêmico da Computação, é a união dos cursos de Engenharia e Ciência da Computação e que trabalha com projetos para a fortificação e reconhecimento dos cursos.

A Unifei Júnior tem a missão de ser uma ferramenta capaz de proporcionar situações reais para que o aluno aprenda, aplique e desenvolva habilidades valorizando sua formação acadêmica, além de estabelecer uma parceria entre a sociedade e a empresa.

Já as plataformas de pré-incubação de empresas são formadas por grupos de professores e profissionais que auxiliam no desenvolvimento e viabilização de ideias para produtos ou serviços. Posso citar meu próprio envolvimento com o programa, pois participo no desenvolvimento de um produto com fins de comercialização em nível nacional.

Esses são somente alguns exemplos da gama de oportunidades oferecidas pela universidade. Então, posso dizer que a Universidade concede "ferramentas para quem quiser trabalhar". Cabe ao aluno mostrar-se interessado em valorizar a sua formação acadêmica e ter reconhecimento.

Abraços a todos e espero ter contribuído de alguma forma para incentivar alunos que queiram ingressar em uma instituição de ensino superior e se deparam com dificuldades. Nunca desistam. O sucesso pode estar à sua espera. Basta dar o primeiro passo.

* publicado em outubro de 2009

PUBLICIDADE
BANCO DE REDAÇÕES

Elabore sua redação com o tema atual e as publique aqui no banco de redações

Tema

PESQUISA DE FACULDADES
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Educador Brasil Escola