[Redação sem título]

Banco de Redações

Tema: Desmatamento e queimadas: a importância de preservar a floresta amazônica

Redação enviada em 17/09/2019

PUBLICIDADE

A preservação da floresta amazônica é crucial à biodiversidade, pois viabiliza uma dinâmica ecológica equilibrada à fauna e a flora e, também, aos povos tradicionais ali viventes (indígenas e ribeirinhos). Diante dessa perspectiva, no entanto, falar em desmatamento e queimadas é adjetivar negativas preponderantes ao Brasil – extinção de espécies, desertificação do solo e deslocamento da população indígena, por exemplo. Logo, tais discussões podem ser respondidas por uma legislação ambiental questionável e favorecedora ao agronegócio. Além disso, a fiscalização ambiental na Amazônia ainda necessita de melhorias e as diretrizes educacionais do país precisam proporcionar ênfase aos estudos ambientalistas. (Reestruture as discussões e melhore a progressão de sentido)

Nesse contexto, infere-se uma discussão política, econômica e social, visto que problemas envolvendo direitos indígenas, derrubada ilegal de árvores para fins agrícolas e incêndios equacionam índices estatísticos preocupantes. Pois, (Sem vírgula) o avanço do agronegócio de soja vem prejudicando a população nativa e, consequentemente, a floresta amazônica. Assim, a apropriação de terras indígenas e ribeirinhas e a expulsão deles para outras localidades – (Sem travessão) resulta na perda de identidade cultural, manifestações constantes e até genocídio. Desse modo, embora exista uma legislação ambiental vigente (Vírgula) esta não garante direitos efetivos ou denota normatização ineficiente para punir ilegalidades. (Reestruture as ideias apresentadas)

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Por conseguinte, observa-se uma fiscalização deficitária pela qual venha anular os efeitos da devastação ambiental na Amazônia. Então, diante das queimadas que assolaram a floresta, desprende-se uma conjuntura administrativa e política deficiente, seja por não salvaguardares as extensas terras amazonenses ou falta de punição e prisão aos garimpos ilegais e à biopirataria - contrabando de animais e plantas. Para tanto, desenvolver visão preservacionista é crucial para criar futuras gestões ambientalistas eficazes, mas, a realidade mostra um sistema de ensino que não estabelece obrigatoriedade nisso (Essa ideia precisa ser construída ao longo do texto). E, como reflexo, negativas do desmatamento destroem a maior floresta tropical do mundo.

Com base nessas considerações, constata-se a importância em buscar proteger a floresta amazônica. Nesse caso, cabe ao Ministério do Meio Ambiente (MMA), por intermédio de uma PEC (Proposta de emenda constitucional), revisar as leis protecionistas, tornando-as mais efetivas e severas aos agressores do meio natural. Além disso, o Ministério da Educação (MEC), por meio da nova base curricular de ensino – precisa incluir de forma obrigatória – (Sem travessão) o aprendizado em estudos ambientalistas e proteção da Amazônia. A partir disso, resoluções mais objetivas devem preservar e conservar uma Amazônia mais segura às próximas gerações. 

Comentários do corretor


As ideias são pertinentes, porém precisam ser delimitadas e mais articuladas. Não deixe de exercitar a sua escrita.


Competências avaliadas


Competência Nota Motivo
Domínio da modalidade escrita formal 100 Nível 3 - Demonstra domínio mediano da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com alguns desvios gramaticais e de convenções da escrita.
Compreender a proposta e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o texto dissertativo-argumentativo em prosa 150 Nível 4 - Desenvolve o tema por meio de argumentação consistente e apresenta bom domínio do texto dissertativo-argumentativo, com proposição, argumentação e conclusão.
Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações em defesa de um ponto de vista 100 Nível 3 - Apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, limitados aos argumentos dos textos motivadores e pouco organizados, em defesa de um ponto de vista.
Conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação 150 Nível 4 - Articula as partes do texto com poucas inadequações e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos.
Proposta de intervenção com respeito aos direitos humanos 100 Nível 3 - Elabora, de forma mediana, proposta de intervenção relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto.
NOTA FINAL:     600


Veja abaixo a nota relacionada a cada nível
Nível 0 Nota 0
Nível 1 Nota 20
Nível 2 Nota 50
Nível 3 Nota 100
Nível 4 Nota 150
Nível 5 Nota 200


BANCO DE REDAÇÕES

Elabore sua redação com o tema atual e as publique aqui no banco de redações

Tema

PESQUISA DE FACULDADES