Whatsapp
Em 23/05/2018 11h34 , atualizado em 23/05/2018 11h44

Universidade Federal de Catalão (UFCat) é anunciada pelo MEC

Notícias

Cidade no Sul de Goiás também recebeu recursos para a construção de um campus avançado do IF Goiano. Por Adriano Lesme
Vista aérea do campus de Catalão
Vista aérea do campus de Catalão
PUBLICIDADE

O Ministério da Educação (MEC) anunciou nesta semana a criação da Universidade Federal de Catalão (UFCat), no sul de Goiás e a 260 Km da capital Goiânia. Ela será criada a partir do desmembramento do campus da Universidade Federal de Goiás (UFG) localizado na cidade.

“Estamos aqui porque acreditamos que a educação é o melhor caminho para o Brasil. E a Universidade Federal de Catalão é o melhor caminho para dar o contexto local, respeitando aquilo que Catalão realmente precisa”, afirmou o ministro Rossieli Soares em visita a cidade na última segunda-feira, 21 de maio.

Todos os cursos, professores e alunos dos prédios 1 e 2 do campus de Catalão da UFG passam agora a integrar a UFCat. São 3.500 alunos, pouco mais de 450 servidores efetivos, cerca de 130 servidores terceirizados, além de 28 cursos de graduação, 10 mestrados e dois doutorados.

Com o anúncio, o Brasil passará a ter 66 universidades federais. Em abril, foram criadas duas novas universidades federais na Região Nordeste: a Universidade Federal do Delta do Parnaíba (UFDPar), no Piauí, e a Universidade Federal do Agreste de Pernambuco (Ufape).

Medicina

A UFCat vai ganhar um prédio para a área da Saúde, com custo estimado em R$ 8,85 milhões. O prédio vai abrigar, inicialmente, o curso de Medicina e contará com laboratório de técnicas operatórias, de habilidades médicas e multidisciplinar, auditório de 100 lugares, salas de tutoria, de professores e de coordenação, secretarias, cantina, fotocopiadora e banheiros.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)
Anúncio da UFCat
Cerimônia contou com a presença do ministro da Educação e de políticos do estado de Goiás
Crédito: André Nery/MEC

“Nós hoje estamos aqui simbolicamente dando início a construção do prédio da área de saúde, especificamente o prédio que vai abrigar o curso de medicina aqui em Catalão. O que sempre é um grande sonho da população”, concluiu o ministro. O curso de Medicina deve iniciar as atividades em 2019.

Instituto Federal

O município de Catalão também vai ganhar um campus avançado do Instituto Federal Goiano (IF Goiano). O ministro Rossieli Soares assinou a liberação de R$ 4 milhões para o início das obras, cujo projeto arquitetônico foi orçado em R$ 10 milhões. Atualmente, o campus de Catalão do IF Goiano funciona em instalações provisórias.

O novo campus do IF Goiano terá biblioteca, auditório, salas de aula, espaço para convivência, sala de professores, salas administrativas, laboratórios de química, física, biologia e matemática. O espaço terá capacidade para atender, inicialmente, 1.200 alunos.

Atualmente, o campus de Catalão do IF Goiano oferece dois cursos técnicos integrados, cursos concomitantes ou subsequentes, cursos de formação inicial e continuada (FIC) e uma pós-graduação. A expectativa é que o primeiro curso de graduação seja aprovado em 2019.

O ministro Rossieli Soares também visitou obras dos campus avançados de Ipameri e Morrinhos, ambos do IF Goiano.

Relacionados
Duas novas universidades foram criadas na região nordeste: Universidade Federal do Delta do Parnaíba (UFDPar) e a Universidade Federal do Agreste de Pernambuco (Ufape).
O bacharelado em Medicina é um dos cursos mais concorridos do Brasil. Confira a quais são os melhores cursos segundo notas do Enade e do CPC do MEC.
Cursos em todas as áreas de ensino, com campi em Goiânia, Cidade de Goiás, Catalão, Jataí e, em breve, em Aparecida de Goiânia e Cidade Ocidental.
BANCO DE REDAÇÕES

Elabore sua redação com o tema atual e as publique aqui no banco de redações

Tema

PESQUISA DE FACULDADES