Enem 2018: economia brasileira foi o tema da redação da segunda prova

Provas foram aplicadas para presos e candidatos que tiveram problemas na primeira aplicação.

Terminou no final da tarde de hoje, 12 de dezembro, a segunda aplicação do Enem 2018. Participaram privados de liberdade e pessoas que tiveram algum problema no local de prova durante a primeira aplicação, como interrupção de energia.

Ontem, 11, os participantes responderam questões objetivas de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias e Ciências Humanas. Eles também produziram a redação, cujo tema foi  “Formas de organização da sociedade para o enfrentamento de problemas econômicos no Brasil”. 

Hoje, foi a vez de questões objetivas de Ciências da Natureza e suas Tecnologias; e Matemática e suas Tecnologias. As questões foram diferentes da primeira aplicação do Enem 2018 realizada em novembro, mas com o mesmo nível de dificuldade.

Entre os 2.725 estudantes que tinham direito a reaplicação do primeiro dia, 1.157 compareceram (42,5%). No segundo dia, 17 dos 27 inscritos esperados para as provas compareceram (63%).

No caso dos 41.044 inscritos na modalidade Privados de Liberdade e Jovens sob Medida Socioeducativa (Enem PPL), 27,9% se ausentaram no primeiro dia, e 32,1%, no segundo dia. As provas foram realizadas em 1.436 unidades em todo Brasil. 

Primeira aplicação

Os gabaritos da primeira aplicação do Enem 2018 já estão disponíveis. Uma questão foi anulada por ter sido cobrada em um vestibular da Universidade Federal do Paraná (UFPR).

O Enem 2018 registrou a menor abstenção dos últimos anos, com menos de 30% de ausentes. O tema da redação foi considerado inesperado e complexo: “Manipulação do comportamento do usuário pelo controle de dados na internet”.

O resultado do Enem 2018 será divulgado no dia 18 de janeiro de 2019, para quem já concluiu o ensino médio. As inscrições para o SiSU 2019 serão abertas no dia 22 de janeiro.


Fonte: Brasil Escola - https://vestibular.brasilescola.uol.com.br/enem/enem-2018-economia-brasileira-tema-redacao-segunda-prova/344335.html