ProUni: professor já formado também poderá ser bolsista

Segundo MEC, quem tiver interesse em fazer mais um curso de licenciatura não precisará comprovar renda

Professores que já fizeram um curso de licenciatura agora poderão fazer mais um como bolsistas se forem aprovados no Programa Universidade para Todos (ProUni). A informação foi divulgada hoje, 18 de outubro, pelo Ministério da Educação (MEC).

Veja como funciona o ProUni

Segundo o órgão, os professores não vão precisar comprovar renda. A medida também valerá para estudantes que tiverem interesse em fazer cursos de licenciatura. Vale destacar que as vagas serão abertas no processo seletivo para vagas remanescentes.                                          

O MEC afirmou que essa estratégia visa ajudar a preencher as vagas ociosas em cursos de licenciatura. Na última edição do ProUni, de 56 mil bolsas oferecidas, 20 mil não foram preenchidas. 

Cursos a distância

Outra novidade anunciada pelo MEC é que, a partir de 2018, 75% das vagas oferecidas pela Universidade Aberta do Brasil (UAB), as quais são ministradas a distância, serão reservadas a professores que cursem seu primeiro ou segundo curso de licenciatura.

A medida tem como objetivo retomar a oferta de oportunidades por meio da UAB. Para este ano e para o próximo, são disponibilizadas 250 mil vagas.        

Saiba mais detalhes sobre a Universidade Aberta do Brasil.                             


Fonte: Brasil Escola - https://vestibular.brasilescola.uol.com.br/enem/prouni-professor-ja-formado-tambem-podera-ser-bolsista/340420.html