Enem 2016: confira a análise dos professores sobre o exame

Temas que mais caíram, estrutura das provas e dificuldade dos assuntos foram comentados.

Realizado no último fim de semana, 5 e 6 de novembro, o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2016 exigiu muita leitura e interpretação dos mais de 5,6 milhões de participantes nas 190 questões de Ciências Humanas, Ciências da Natureza, Matemática e Linguagens e Códigos, além da Redação. 

Confira o gabarito oficial do Enem

Com abordagem inserida em episódios do cotidiano, como a utilização da Química e da Física no dia a dia, por exemplo, assim como a análise de impactos ambientais e temas ligados à ecologia, o Enem exige do participante um conhecimento básico dos conteúdos abordados nas escolas e também um repertório adquirido por meio de leitura e observação dos acontecimentos atuais. 

Os professores do Brasil Escola trazem para você uma análise sobre o Enem 2016. Confira os assuntos que mais caíram nas provas de cada disciplina e a forma como foram abordadas. 

Ciências Humanas

Nesta edição, as habilidades de interpretação dos participantes foram testadas já nas primeiras questões de Geografia. A professora Amarolina Ribeiro destaca a valorização que o Enem dá para a capacidade de análise dos assuntos propostos. Sobre o conteúdo, ela ressalta que nenhuma área específica da disciplina se sobressaiu em relação às outras e que a quantidade de material visual, como charges, mapas, imagens e gráficos foi menor neste ano. 

Já a parte de História abordou temas clássicos e também atuais. Segundo o professor Cláudio Fernandes, foi possível encontrar perguntas sobre a República Velha, a Era Vargas e a América Colonial até assuntos em destaque como os refugiados na Europa e as questões de gênero. Desde o ano passado, o Ministério da Educação (MEC) passou a exigir a presença de temáticas ligadas à África e isso esteve presente no Enem 2016, assim como a figura do índio na construção da identidade brasileira. 

Sobre a estrutura das questões de História, Cláudio ressalta que o Inep continua mesclando trechos de livros e documentos históricos com cartazes, fotos, charges e histórias em quadrinhos, unindo fontes textuais e visuais. O professor destaca a importância de estar atento à linguagem e saber interpretá-la, citando a abordagem do tema da Revolução Iraniana de 1979, o qual apareceu na prova em um trecho de "Persépolis", da quadrinista iraniana Marjane Satrapi.

Persépolis aborda a Revolução Iraniana de 1979

Ciências da Natureza

Ecologia foi a área da Biologia mais abordada no Enem, seguindo o que já havia sido adotado nas edições anteriores do exame. De acordo com a professora Vanessa Sardinha, o exame exige do participante conhecimento básico e muita interpretação. "Na questão que abordava o papel da predação na densidade e tamanho de presas, por exemplo, o aluno deveria analisar criteriosamente e atentamente a tabela", destaca. Outros assuntos presentes foram citologia, botânica, imunologia e fisiologia. 

Questão aborda tema ligado à Ecologia

A prova de Física abordou bastante a parte de ondulatória, totalizando quatro questões. O professor Joab Silas chama a atenção para a necessidade de compreensão de alguns conteúdos para a resolução das provas, como foi o caso das perguntas que exigiram o conhecimento prévio do Efeito Doppler. Outros temas que estiveram presentes no Enem 2016 foram mecânica, termologia e eletricidade. 

Muitos estudantes consideraram a prova de Química difícil. De acordo com o professor Diogo Dias, o Enem 2016 exigiu mais conhecimento do aluno se comparado à outras edições. A abordagem foi abrangente, mas destacaram-se os conteúdos de Química Geral, como forças intermoleculares, separação de misturas, solubilidade de sais rendimento e excesso em reações químicas; Físico-química com ênfase em concentração comum, datação do carbono, lei de Hess e potencial das pilhas, além da Orgânica, com foco em funções orgânicas, reações de substituição e estereoisomeria. 

Matemática

Até mesmo na mãe de todas as exatas, a Matemática, a interpretação é algo bastante cobrado do estudante. Segundo o professor Luiz Moreira, os textos utilizados foram curtos e o nível de dificuldade das questões permaneceu o mesmo das edições passadas. No entanto, o Enem 2016 cobrou resoluções mais curtas, mas sem deixar de lado a exigência habitual. 

Prova explorou o uso de gráficos na Matemática

Luiz chama a atenção para a presença constante da regra de três nesta edição. De acordo com o professor, 11 questões poderiam ser resolvidas apenas com o método, enquanto outras oito tinham sua presença indiretamente. Em relação aos temas, os mais presentes foram o tratamento da informação, assunto que exige que o participante saiba lidar com gráfico e tabelas; razão e proporção, além de geometria plana, espacial e analítica. 

Linguagens e Códigos

Os gêneros textuais dominaram a prova de Português do Enem 2016. A professora Luciana Araújo citou a presença de Poemas, Letra de música, Crônicas, Peças Teatrais, Resenha crítica, Entrevistas, Contos e Minicontos, Campanhas publicitárias, Fotografia, Piada, Diário, Receita, Verbete, Artigo de Opinião, Pintura e trecho de Romance. 

Luciana destacou que o grande volume de textos do Enem exige do participante o conhecimento sobre elementos gramaticais responsáveis pelos efeitos de sentido e a função social dos gêneros discursivos e seus meios de circulação na sociedade, no qual ela cita como exemplo o jornal impresso (tecnologias de comunicação). 

Redação

A tão temida Redação trouxe um tema atual e que precisa ser discutido: "Caminhos para combater a intolerância religiosa no Brasil". O comentário do Colégio Oficina do Estudante, parceiro do Brasil Escola na correção do Enem, mostra que a coletânea de apoio, assim como o próprio tema, já davam a abertura para o estudante dissertar sobre o motivo de existir a intolerância religiosa no país e, depois, apresentar a solução do problema com a proposta de intervenção baseada nos conceitos de Direitos Humanos. 


Fonte: Brasil Escola - https://vestibular.brasilescola.uol.com.br/enem/professores-analisam-questoes-disciplinas-enem-2016/336952.html