Questão 117 - Segundo dia - Prova Rosa

 

ALTERNATIVA B

No soneto apresentado, o eu-lírico sofre a perda da amada, padecendo as dores da ausência dela. Ele perece melancolicamente, pouco a pouco, impossibilitado de qualquer reação, perante a face da morte.


Fonte: Brasil Escola - https://vestibular.brasilescola.uol.com.br/enem/questao117-segundo-dia-prova-rosa.htm