Topo
pesquisar

Banco de Redações Título: Sem Título 008

Banco de Redações

Tema: Democratização do acesso ao cinema no Brasil

Redação enviada em 06/11/2019 07:38

PUBLICIDADE
Com o advento da globalização, viabilizada, dentre outros fatores, pelo desenvolvimento tecnológico, diversos setores foram beneficiados, entre eles o ramo cinematográfico que vem demonstrando grande ascensão. No entanto, nota-se que ao passo em que procura pelo cinema tem crescido, houve uma ampliação na desigualdade de acesso pelas camadas mais pobres. Com isso, convém analisarmos os fatores determinantes desse problema social.

A princípio, é indiscutível que o cinema demonstrou grande evolução, do ponto de vista tecnológico, gerando maior demanda de pessoas. Prova disso, são os avanços divulgados em diversos jornais de óculos 3D (Três dimensões), que possibilita uma maior interação nas cenas de filmes, além do cinema 4D ( Quatro dimensões) em que passa a sensação de estar interagindo com as cenas do filme. Todavia, o custo para se ter acesso a esse tipo de inovação é mais elevado, tornando a acessibilidade restrita aos indivíduos que possui maior poder aquisitivo.

Além disso, ao passo em que há um crescente desenvolvimento, contribuindo para uma maior demanda, houve também, a pouca democratização do acesso. Um dos motivos pode ser atribuído à centralização do cinema nas grandes metrópoles que favorece as camadas sociais mais elevadas e por localizarem-se próximos aos shoppings. Contudo, é importante mencionar que existem medidas que tentam diminuir a desigualdade de acesso, como as carteirinhas estudantis em que possibilita o estudante pagar meia entrada. Entretanto, boa parte da sociedade que não estão enquadradas nos critérios para obtenção da carteira ficam de fora.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)


Diante dos fatos supracitados, o desenvolvimento tecnológico permitiu o crescimento pela demanda aos cinemas no Brasil e, por outro lado, acirrou a desigualdade social. Nesse sentido, medidas são necessárias para reduzir esse impasse e tornar o ambiente cinematográfico mais acessível aos pobres. Em primeiro plano, é importante uma ação conjunta entre Ministério da Ciência e Tecnologia e o Ministério da Educação, para promover políticas públicas inclusivas, envolvendo o setor privado, como a criação de cotas de baixa renda para pessoas que tiverem o Cadastro Único (CAD.ÚNICO) para programas do Governo Federal a fim de que mais pessoas sejam inclusas gerando, dessa forma, maior democratização do acesso ao cinema.

BANCO DE REDAÇÕES

Elabore sua redação com o tema atual e as publique aqui no banco de redações

Tema

PESQUISA DE FACULDADES
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Educador Brasil Escola