Topo
pesquisar
Em 08/06/2010 14h15, atualizado em 31/05/2016 17h13

Universidade Federal da Integração Latino-Americana (Unila)

Universidades

Unila integra estudantes e professores de toda a América-Latina e seus cursos são interdisciplinares Por Adriano Lesme
PUBLICIDADE

Com o propósito de promover a integração regional e internacional, foram criadas em 2003 mais quatro universidades federais, sendo uma delas a Universidade Federal da Integração Latino-Americana (Unila). Seu projeto foi enviado ao Senado em 2007 e aprovado dois anos depois. Em janeiro de 2010, o projeto foi sancionado pelo presidente da república.

A sede da Unila foi construída na região da tríplice fronteira (Brasil, Argentina e Paraguai), no município de Foz do Iguaçu, no Paraná. As aulas da universidade são bilíngues (português e espanhol) e os cursos transdisciplinares, ou seja, misturam várias disciplinas.

Estudam na Unila brasileiros de diversas regiões e estudantes de outros dezesseis países da América Latina: Argentina, Uruguai, Paraguai, Chile, Bolívia, Peru, Equador, Colômbia, Venezuela, El Salvador, Haiti, Costa Rica, Panamá, Cuba, República Dominicana e Guatemala. Já os professores são oriundos de 15 países, com representantes da América Latina, Europa e África.

Campus provisório: Avenida Silvio Américo Sasdelli, 1842 - Foz do Iguaçu/PR. Fone: (45) 3529-2800.

Cursos

É característica fundamental das graduações da UNILA a interdisciplinaridade, com a possibilidade de que o aluno transite por várias áreas do conhecimento, respeitando sua formação básica. Dessa forma, a Instituição não conta com departamentos de cursos de graduação. As carreiras estão agrupadas em centros interdisciplinares, o que faz com que os cursos “conversem” entre si. Veja abaixo os cursos oferecidos:

Bacharelados: Administração Pública e Políticas Públicas; Antropologia – Diversidade Cultural Latino-Americana; Arquitetura e Urbanismo; Biotecnologia; Ciência Política e Sociologia – Sociedade, Estado e Política na América Latina; Ciências Biológicas – Ecologia e Biodiversidade; Ciências Econômicas – Economia, Integração e Desenvolvimento; Cinema e Audiovisual; Desenvolvimento Rural e Segurança Alimentar; Engenharia Civil de Infraestrutura; Engenharia de Energias Renováveis; Engenharia de Materiais; Engenharia Física; Engenharia Química; Geografia; História – América Latina; Letras – Artes e Mediação Cultural; Medicina; Música; Relações Internacionais e Integração; Saúde Coletiva; Serviço Social.

Licenciaturas: Ciências da Natureza – Biologia, Física e Química; Filosofia; Geografia; História; Letras – Espanhol e Português como Línguas Estrangeiras; Matemática; Química.

Vestibular e Enem

O critério de seleção dos estudantes brasileiros é o desempenho no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Os candidatos precisam fazer o Enem e depois se inscrever no Sistema de Seleção Unificada (SiSU). No caso do curso de Música, a seleção não é feita pelo SiSU, mas por um processo seletivo próprio que utiliza as notas do Enem e de um teste de habilidade específica.

Já os estudantes estrangeiros (Argentina, Bolívia, Chile, Equador, Paraguai, Peru e Uruguai) são selecionados conforme o histórico escolar do ensino médio. São os próprios Ministérios da Educação de cada país que recrutam os alunos.

Cotas

A Unila reserva 52% das vagas de brasileiros para candidatos que cursaram todo o ensino médio em escolas públicas, Enem, Educação de Jovens e Adultos (EJA) e supletivos de instituições públicas. Nesse percentual, estão incluídas as vagas destinadas a alunos de baixa renda familiar e pretos, pardos e indígenas.

Site
www.unila.edu.br

BANCO DE REDAÇÕES

Elabore sua redação com o tema atual e as publique aqui no banco de redações

Tema

PESQUISA DE FACULDADES
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Educador Brasil Escola