6 séries para quem gosta de Medicina

O papel do médico e sua equipe é muito popular nas produções televisivas.

Séries e seriados caíram no gosto das pessoas há alguns anos, estimulando a produção de obras televisivas sobre diversas profissões, assuntos e perspectivas. 

Algumas das séries que conseguem se manter por várias temporadas, devido à qualidade da produção e a audiência que trazem para as emissoras, são voltadas para a rotina de médicos, enfermeiros e demais profissionais da saúde. 

Se seu sonho é ser médico ou se você gosta de temas ligados à Medicina, confira abaixo algumas sugestões para assistir. Vale ressaltar que existem as que passam nos canais das emissoras abertas (de forma gratuita), outras apenas na TV por assinatura e ainda as que estão presentes em serviços de streaming.

Plantão Médico (ER)

 
Plantão Médico (ER) foi uma das obras responsáveis por tornar George Clooney um ator de fama internacional /crédito: divulgação

Referência para as séries de Medicina, ER (sigla para Emergency Room), ficou conhecida no Brasil como Plantão Médico. Ela foi exibida entre 1994 e 2009, contando com mais de 15 temporadas. 

Em ER, conhecemos a rotina de médicos e enfermeiros que trabalham na emergência de um hospital público de Chicago, nos Estados Unidos. A série é apresentada a partir do ponto de vista dos personagens, os quais precisam conciliar a ética profissional com as histórias de seus pacientes. 

Dr. House (House, M.D)


Hugh Laurie interpreta o excêntrico especialista em nefrologia e infectologia em Dr. House (House, M.D) /crédito: reprodução

Gregory House (Hugh Laurie) é um especialista em nefrologia e infectologia, com comportamento hipocondríaco, que tem como característica predominante o mau humor. Em cada episódio, ele e sua equipe de médicos buscam o diagnóstico dos mais diversos casos, com uma pesquisa intensa até chegar ao resultado correto. 

House se mantém distante emocionalmente de seus pacientes, apresenta maneiras diferentes de investigar as doenças deles e também não poupa a sua equipe, exigindo dedicação total. A série começou em 2004 e terminou em 2012, contando com oito temporadas. 

Grey's Anatomy


Grey's Anatomy aborda a rotina e os desafios, pessoais e profissionais, dos residentes de um hospital conceituado /crédito: divulgação

A série foi lançada em 2005 e continua sendo produzida até hoje, com a 14ª temporada confirmada, totalizando 293 episódios. 

A série tem como protagonista a médica Meredith Grey (Ellen Pompeo) e também conta as histórias dos demais residentes do fictício hospital Seattle Grace, em Seattle, Washington (EUA). 

Grey's Anatomy traz a rotina dos participantes de um dos programas de residência médica cirúrgica mais rígidos dos Estados Unidos. A equipe é bem diversificada e, além de enfrentar desafios diários com seus pacientes, também precisa resolver problemas amorosos e os conflitos de interesses dentro do hospital. 

Chicago MED


Chicago MED apresenta casos inspirados em acontecimentos reais do departamento de emergência /crédito: divulgação

Spin-off de Chicago Fire, Chicago MED traz casos inspirados em acontecimentos reais, explorando os desafios e a rotina agitada de quem trabalha com a parte de emergência do hospital. A série teve início em 2015. 

A equipe é composta por profissionais com diferentes especialidades, com destaque para a diretora Sharon Goodwin (S. Epatha Merkerson), que desaprova o sistema político do hospital; Hannah Tremble (Laurie Holden), considerada fria, mas que é uma excelente cirurgiã; Daniel Charles (Oliver Platt), o chefe da Psiquiatria; e a enfermeira Maggie Seaver (Yaya DaCosta). 

The Knick


The Knick aborda a Medicina em 1900, quando faltava recursos para os procedimentos realizados /crédito: reprodução

Diferente das demais séries de Medicina que são focadas na atualidade, com todas as possibilidades de pesquisas e tratamento à disposição dos médicos, The Knick se passa na Nova York de 1900, época em que o país passava por mudanças e alguns progressos. Sua estreia na TV foi em 2014. 

A trama se passa no Knickbocker Hospital, onde médicos e enfermeiros tentam de tudo para salvar seus pacientes, isso em um período de alta mortalidade, sem antibióticos e com a utilização de éter como anestésico. Para retratar bem a realidade da profissão em uma época sem muitos recursos, a série possui cenas fortes com técnicas que seriam proibidas atualmente. 

Pure Genius


Em um futuro próximo, Pure Genius une a tecnologia à Medicina no tratamento de doenças raras /crédito: reprodução

A série mistura tecnologia e Medicina, além de ser ambientada em um futuro próximo. A sua estreia foi em 2016 e ela continua sendo exibida. 

James Bell (Augustus Prew) é um jovem bilionário do Vale do Silício que inaugura um hospital com tecnologia aprimorada e que foca em tratamentos experimentais e gratuitos. Seu objetivo é achar a cura de doenças raras. 

Sua equipe é formada pela médica Zoe Brockett (Odette Annabele), conhecida por sua sinceridade, pela neurocirurgiã Talaikha Channarayapatra (Reshma Shetty), que vê na iniciativa uma esperança para a humanidade, pelo ex-assaltante Malik Verlaine (Aaron Jennings), que se recuperou e começou a se dedicar ao monitoramento da saúde dos moradores de bairros vizinhos de baixa renda, Scott Strauss (Ward Horton), neurologista que teve a melhor formação na área, a programadora Angie Cheng (Brenda Song), especializada em impressões 3D, e Walter Wallace (Dermot Mulroney), experiente cirurgião tem um passado obscuro e é cético em relação ao envolvimento da tecnologia na Medicina. 


Fonte: Brasil Escola - http://vestibular.brasilescola.uol.com.br/orientacao-vocacional/6-series-para-quem-gosta-medicina.htm