Midialogia

O curso de midialogia é uma das habilitações em comunicação social e nasceu para aprofundar conhecimentos em uma área que é estudada superficialmente nas graduações de Rádio e TV, Jornalismo e Publicidade e Propaganda. O curso, que foi criado em 2004, já tem a terceira posição no ranking dos mais concorridos da Unicamp: 39 por vaga.

A mídia tem dois significados: pode ser conteúdo ou veículo de comunicação. O midiálogo aplica os dois conceitos usando a linguagem como método de transmissão de informação, levando em consideração os processos de significado e significação, estudados em semiologia.

O profissional desta área é capaz de interligar os diferentes tipos de mídia (áudio, vídeo, fotografia...) e produzir um material que considere a sociedade em que está inserido, seus códigos, linguagens, histórias, teorias e condições técnicas. O mercado necessita desta carreira porque está em fase de crescimento, principalmente o cinema nacional, além das novas emissoras de rádio e tv. O trabalho produzido pelo profissional de midialogia é de alta qualidade e particularidade, podendo atuar em diversos segmentos de produtos audiovisuais como:

- Vídeo;
- Cinema;
- Rádio;
- Fotografia;
- Multimídia;
- Web;
- Computação gráfica;
- Hipermídias e
- Produção, recepção e crítica destes produtos,
Além de poder entrar na área de docência ou pesquisa.

As principais matérias do currículo são teorias da comunicação, teoria do cinema, mídia e ciências humanas, educação e mídia, antropologia da imagem, teorias do signo, tecnologias da informação, fotografia e movimento, edição de produtos audiovisuais, computação gráfica e multimídia.

O curso, hoje, é ministrado pela Universidade de São Paulo (USP) e Universidade Estadual de Campinas (Unicamp).


Fonte: Brasil Escola - http://vestibular.brasilescola.uol.com.br/profissoes-futuro/midialogia.htm